Faça a formatação ABNT de todos os seus trabalhos com a Mettzer

Unimos ciência e tecnologia pra criar um editor de texto que faz a formatação ABNT de seus trabalhos de forma simples e rápida

cartão-de-crédito-verde (1)

Estamos construindo um futuro tecnológico para a formatação ABNT

Porque a gente sabe que tecnologia é muito melhor do que várias regras pra gravar e muito tempo para formatar trabalhos.

Automatize a formatação abnt de seus trabalhos. ganhe tempo e produtividade

Importe o conteúdo do Word e importe em PDF e docx quantas vezes precisar.

mais-produtividade---FINAL
01-notbook---final

Comece seu trabalho a partir de um modelo

Não importa qual o modelo é o tipo de trabalho, na Mettzer você pode encontrar todos os modelos. Basta escrever o conteúdo em um modelo pronto e formatado na ABNT.

Planeje as etapas do seu trabalho e garanta suas entregas em dia.

Crie um cronograma com as etapas do seu trabalho e acompanhe o andamento das tarefas.

planejamento---FINAL
busca-de-referenciais-teóricos

Nunca foi tão fácil gerar referências bibliográficas nas normas da ABNT

Pesquise de forma automática pelas fontes da pesquisa. Ou inclua os dados da fonte que o gerador de referências da Mettzer formata a referência na ordem certa. É muito simples de usar.

Organize todas as suas referências na sua biblioteca

Você pode salvar todas as bibliografias que você já usou em uma biblioteca de referências. É uma forma de salvar suas referências e economizar tempo mais tarde.

02-notbook---final

Economize tempo e faça a formatação ABNT do seu trabalho na Mettzer

Mas e como funciona a formatação ABNT com a Mettzer?

1

Faça um cadastro gratuito. Basta incluir o seu e-mail.

2

Escolha o tipo de trabalho que você deseja formatar na ABNT.

3

Importe o conteúdo do trabalho do Word ou comece do zero.

4

Escreva o conteúdo do trabalho. A formatação ABNT pode deixar com a gente!

FORMATAÇÃO ABNT: Confira essas dicas e faça de forma automática

Compilamos abaixo as principais regras e modelos para formatação ABNT em 4 partes para facilitar a sua leitura, e obviamente, a sua aprovação. 

________________________________________

A formatação de qualquer trabalho na ABNT é quase tão importante quanto o próprio conteúdo. Sobretudo porque são cheios de detalhes, como capa, folha de rosto, sumário, listas, margens.

Algumas universidades disponibilizam um modelo padrão para formatar no portal de ensino.

Às vezes esse modelo pode nos dar uma segurança inicial, mas infelizmente, por mais completo que ele pareça, sempre vai necessitar de uma infinidade de alterações.

Quem já lidou com um arquivo teoricamente “configurado” em word ou libreoffice sabe muito bem sobre o que estou falando.

Um simples espaço no lugar errado desconfigura tudo, especialmente as citações e o espaçamento.

Pensando nisso, nós elaboramos este artigo com todo carinho, para que você saiba, de forma completa e de fonte segura, como fazer a formatação ABNT de seu TCC.

Estrutura para formatação na ABNT

A estrutura para formatação ABNT é dividida em três partes: elementos pré-textuais, elementos textuais e elementos pós-textuais.

Os nomes são complicados, mas na verdade a definição é bastante simples.

Elementos Pré-textuais

Os elementos pré-textuais são aqueles anteriores ao desenvolvimento do conteúdo:
• Capa - (Elemento obrigatório) na capa devem constar: o nome da instituição, curso, autor, título cidade e ano.
• Folha de Rosto - (Obrigatório) na folha de rosto devem constar: nome do autor, título do trabalho, cidade, ano, breve descrição do trabalho, objetivo e nome do orientador.
• Ficha de aprovação - (Obrigatório para trabalhos que necessitam de aprovação em banca). Essa folha é lançada após o resultado. Nela constam os nomes do orientador e dos examinadores da banca.
• Dedicatória – espaço reservado às dedicatórias.
• Agradecimento – espaço reservado aos agradecimentos
• Epígrafe – é um elemento opcional 
• Resumo (Obrigatório) – único parágrafo de 150 até 500 palavras, com as palavras-chave ao final.
• Abstract (Obrigatório) – trata-se do resumo traduzido para o inglês ou outra língua estrangeira.
• Listas
• Sumário (Obrigatório)

Elementos Textuais

Os elementos textuais são aqueles relacionado ao desenvolvimento do conteúdo:
• Introdução (Obrigatório)
• Desenvolvimento (Obrigatório)
• Metodologia
• Análise e interpretação de dados
• Conclusão ou Considerações Finais (Obrigatório)

Elementos Pós-textuais

Por fim, os elementos pós-textuais são os que vem depois do conteúdo.

  • Referências abnt (Obrigatório)
  • Glossário
  • Apêndice
  • Anexo
  • Índices

Formatação nas normas da ABNT

Corpo do texto

Tipo e tamanho: Arial 10 ou Times New Roman 12

  • Espaçamento entre as linhas: 1,5 (sem espaçamentos extras antes e depois)
  • Alinhamento do texto: Justificado
  • Recuo do início do Parágrafo: 1,25 cm
  • Tamanho da fonte em textos especiais*: 10

*Textos especiais são citações diretas longas, notas de rodapé, referências no sistema numérico, natureza do trabalho, títulos de ilustrações, fontes de ilustrações e conteúdo de ilustrações como gráficos e tabelas.

Modelo da página

Formato A4, vertical.

Margens:

  • Margens do topo: 3 cm
  • Margem esquerda: 3 cm
  • Margem lado direito: 2 cm
  • Margens de baixo: 2 cm

Formatação ABNT dos títulos

A mesma lógica dos títulos deverá aparecer no sumário.

Além disso, os títulos que estão negritados no corpo do texto, deverão estar no mesmo formato no sumário.

Veja exemplo abaixo:

TÍTULO PRIMÁRIO
1.1 TÍTULO SECUNDÁRIO
1.1.1 Título terciário
1.1.1.1 Título quaternário
1.1.1.1.1 Título quinário

IMPORTANTE: Os números dos títulos, o número das páginas e o pontilhado não recebem qualquer tipo de formatação, tanto no corpo do texto quanto no sumário.

Formatação ABNT do sumário

Os título que aparecem no sumário, conforme dito anteriormente, devem ser igualmente formatados no decorrer do trabalho.

1 INTRODUÇÃO .................................................................................... 8

1.1 APRESENTAÇÃO DO TEMA E PROBLEMA .............................. 11

1.2 JUSTIFICATIVA ............................................................................... 13

1.3 OBJETIVOS ...................................................................................... 21

2 DESENVOLVIMENTO ..................................................................... 22

2.1 TÍTULO SECUNDÁRIO .................................................................. 33

2.2 NOVO TÍTULO SECUNDÁRIO ..................................................... 34

2.2.1 Novo título terciário .............................................................. 36

2.2.1.1 Novo título quaternário ........................................................ 42

2.2.1.1.1 Novo Título quinário ........................................................... 49

3 CONCLUSÃO ...................................................................................... 55

REFERÊNCIAS ...................................................................................... 72

Importante: os títulos dos elementos pré-textuais não aparecem no sumário.

Sistema de referências ABNT

Nesta etapa você precisa identificar qual o sistema de referências bibliográficas que a sua instituição de ensino ou curso utilizam. Ele pode ser de duas maneiras: autor-data ou numérico. 

Sistema Autor-data

As referências no sistema autor-data ficam organizadas nos elementos pós-textuais, mais especificamente na lista de referências.

Mas não é só isso: momento da citação você também precisa referenciar o conteúdo de outros autores inseridos no seu trabalho.

Na citação indireta você precisa apenas informar o último sobrenome do autor e o ano de publicação da obra.

Nas citações diretas curtas e longas você precisa informar o sobrenome do autor, o ano e a página de onde você retirou aquele conteúdo.

As referências nas citações ficam da seguinte maneira.

  • Na citação indireta: Segundo o AUTOR (2016) ou (AUTOR, 2016)
  • Na citação direta curta e longa: Segundo o AUTOR (2016, p. 21) ou (AUTOR, 2016, p.21)

 Sistema Numérico

A lista de referências no sistema numérico pode acontecer de três maneiras: no rodapé de cada página, no final de cada capítulo ou no final do trabalho.

A indicação da fonte bibliográfica é feita por numeração única e consecutiva, em algarismos arábicos (1, 2, 3, 4…).

A referência na citação fica da seguinte maneira: Segundo o AUTOR¹.

A referência na lista de referências fica assim: ¹AUTOR, nome. Título: subtítulo. Editora: Cidade, Ano.

Referências

Independente do sistema de referências que a sua instituição de ensino utilize, a formatação das referências na ABNT ao final do texto será sempre a mesma.

Só vai mudar a ordem de organização das referências.

Se você utilizar o sistema autor-data, a lista de referências precisa ficar em ordem alfabética. Contudo, se você usa o sistema numérico, a lista de referências precisa seguir a ordem de aparição no texto.

Você pode também pegar referências prontas diretamente no Google Acadêmico.

Aqui vai uma dica para você sofrer menos: nós agrupamos as referências que possuem formatação muito semelhante. Isso significa que basta você seguir o mesmo padrão e tudo ficará certo. Veja:

• Referência de Livros = Trabalhos Acadêmicos
• Referências em Revistas = Boletins = Jornais = Artigos da Internet
• Referências de Legislação = Jurisprudência

Os outros tipos de referências solicitam informações muito diferentes e você terá um bom trabalho para formatá-las no braço.

DICAS PARA FAZER A FORMATAÇÃO NAS NORMAS DA ABNT

Não deixe a formatação para o final

Não inicie focando apenas no conteúdo. Escrever por meses em qualquer fonte, com inúmeros espaçamentos e cores de fundo. Se você empurrar essa parte chatinha para depois, é possível que quando chegar a hora de fazê-la, você não tenha mais energia para isso.

Quando você for abrir o arquivo, caso vá utilizar um editor tradicional, já busque formatar as páginas, as margens, os espaçamentos e as fontes de acordo com as normas da ABNT.

Essa formatação será a regra para todo trabalho. Entretanto, terão algumas exceções. Caso você faça alguma citação direta longa ou notas de rodapé, a formatação deverá ser um pouco diferente. Você já acompanhou no começo do guia, certo?

Tenha atenção ao copiar e colar os conteúdos

Em algum momento no desenvolvimento do seu trabalho, você precisará copiar e colar algum trecho. Seja alguma parte de algum conteúdo da internet ou de outro arquivo.

E o maior problema é que a maioria dos editores de texto mantém a formatação da página de onde o conteúdo foi copiado.

Por isso, toda vez que você for colar qualquer conteúdo no seu trabalho, lembre-se de corrigir a formatação ABNT imediatamente.

Além disso, você pode utilizar a função de colar especial, com o Ctrl + Shift + V.

De forma geral, você deve ficar atento ao tamanho da fonte, ao tipo da fonte, à cor do texto e aos espaçamentos entre as linhas.

Formate e referencie suas citações no decorrer do texto

Se policie para formatar e referenciar as citações no decorrer do desenvolvimento do trabalho.

Por exemplo, se for fazer uma citação direta curta, já coloque entre aspas. Se for fazer uma citação direta longa, já diminua a fonte para o tamanho 10 e recue a margem do parágrafo para 4 ou 6 centímetros.

Também no momento que fizer a citação, já adicione a obra consultada na lista de referências.

Isso diminui muito as chances de esquecer ou deixar de constar alguma referência bibliográfica.

Além disso, no cenário ideal, a lista de referências já deve ser elaborada em ordem alfabética desde o início.

Alguns elementos podem ser finalizados apenas ao final do trabalho

A dica de não formatar seu trabalho apenas no final tem algumas exceções.

A primeira delas é referente à numeração das ilustrações, que pode ser feita apenas nas últimas versões do trabalho.

Da mesma forma, os gráficos, tabelas e fotografias podem ser formatados apenas na última versão do trabalho. Afinal, no decorrer do trabalho, a paginação mudará e elas mudarão de lugar.

Ou seja, para não precisar adicionar ou remover os números com frequência é mais prático fazer a numeração destes elementos apenas na última versão do trabalho.

Neste mesmo sentido, a paginação do sumário e das listas (caso vá configurar isso manualmente), devem ser feitas por último, antes de entregar o trabalho.

É que, da mesma forma, não faz sentido você se preocupar atualizando o sumário ou as listas de ilustração todo o tempo, se as páginas vão ser alteradas.

FORMATAÇÃO ABNT DE FORMA AUTOMÁTICA

Não tem jeito, né? O trabalho de conclusão de curso possui uma estrutura e um conjunto de características básicas que não são flexíveis.

O legal é que todos estes inúmeros detalhes já estão prontos no Mettzer, e você precisa apenas digitar o conteúdo do seu trabalho.

Ou seja, você pode optar escrever seu trabalho no Mettzer e a formatação na ABNT é automática.

O Mettzer é uma ferramenta para o desenvolvimento de trabalhos e formatação na ABNT, ou seja, você escreve os seus trabalhos sem se preocupar com a ABNT.

Atualmente, cerca de 40% do tempo de desenvolvimento de um trabalho acadêmico é destinado para a formatação do documento.

A formatação ABNT de margens, sumário, espaçamento, numeração de páginas e capítulos..., a gente faz pra você automaticamente, basta selecionar o tipo de trabalho que você quer fazer (TCC, monografia, artigo, tese...) e a estrutura do projeto já vai estar pronta de acordo com o tipo de projeto que você selecionar (capa, folha de rosto, resumo, etc).

Veja como o Mettzer funciona para criar uma referência: 

Ou para criar uma citação direta longa:

Também temos um time especializado que está sempre de olho nas novidades da ABNT para manter nosso site sempre atualizado, fique tranquilo.

Além disso, contamos com uma galera disposta a tirar suas dúvidas sobre o Mettzer, sobre formatação e trabalhos acadêmicos em geral através do nosso suporte.

Como se isso já não fosse incrível o suficiente, você ainda tem a possibilidade de compartilhar o seu trabalho com o professor que te orienta ou colega de curso. Assim, eles podem criar cronogramas ou fazer comentários pontuais!

Ainda, com o Mettzer, seu trabalho está sempre seguro: a gente salva automaticamente a cada dez minutos pra você não perder nada. Dá pra acessar de qualquer lugar e exportar para o Word ou em PDF.

O objetivo do Mettzer é oferecer maior produtividade, economizar o seu tempo e facilitar a entrega do trabalho.

Alguns benefícios:

  • Sumário automático
  • Paginação automática
  • Listas automáticas
  • Modelos de Trabalho pré-estruturados
  • Formatação automática das ilustrações
  • Formatação automática das citações
  • Formatação automática das referências
  • Espaço para resumo e abstract
  • Margens e numeração automática
  • E muito mais!

O Mettzer conta com diversas facilidades para quem procura terminar a graduação e é ótimo para o TCC. 

Junte-se aos + de 750 mil estudantes de + de 1600 universidades que usam o editor da Mettzer

unicamp
unochapeco
ufsc
catolica-de-brasilia
pucpr
catolica-sc
senac
IFSC-Espírito-Santo-Vertical
ifsc
unisul
univali
unesc_LOGO
mackenzie
unisuam
satc
marca-vertical-UFRB-PNG

Não perde mais tempo! Faça a formatação ABNT do seu trabalho de forma automática!