SMART WATCH FOR ADVANCED STYLE

UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA

SMART WATCH FOR ADVANCED STYLE

aline da silva machado

eduardo de oliveira jurek

giulia cenamo birochi

Resumo

Este trabalho tem como objetivo apresentar uma solução criativa, com base nos conceitos da ergonomia cognitiva e informacional, para um produto com foco na terceira idade (idosos). No caso, formulamos um relógio inteligente que além de trazer um auxílio para o dia a dia do idoso com lembretes e informativos, também acompanha o estilo da persona em questão. Analisamos as possíveis dificuldades a serem encontradas no desenvolvimento do objeto, para definir um produto funcional, prático e acessível. Nesse documento você encontrará informações desde o conceito do relógio até seus pontos descritivos.

Palavras-chave: Ergonomia. Idoso. Relógio Inteligente.

Abstract

This work aims to present a creative solution, based on the concepts of cognitive and informational ergonomics, for a product focused on the elderly people. We formulated a smart watch that, besides bringing an aid to the daily life of the elderly with reminders, also accompanies the style of the person in question. We analyzed the possible difficulties to be found in the development of the object, to define a functional, practical and accessible product. In this document you will find information from the concept of the watch to its descriptive points.

Palavras-chave: Ergonomy. Elderly. Smart Watch.

Introdução

O trabalho “Smart Watch for Advanced Style” tem como objetivo explorar os conceitos da ergonomia cognitiva e informacional sob a ótica criativa de um relógio inteligente para a terceira idade. Buscamos apresentar as características do produto, explicando e respeitando suas limitações, garantindo maior acessibilidade do mesmo para o público alvo.

Desenvolvimento

A ergonomia é uma ciência que busca estudar as interações entre os seres humanos e outros elementos de um sistema, a fim de propor novas projeções com foco no bem estar do usuário e no desempenho geral de um sistema.

Neste projeto delimitamos nosso estudo no aprofundamento dos conceitos da ergonomia informacional e cognitiva, explorando-os sob o desenvolvimento de um produto que abranja os diferentes tópicos contidos em tais metodologias.

O produto proposto é um relógio inteligente com foco em auxiliar o idoso em sua rotina médica, com funções como: gestão de medicamentos, acompanhamento da pressão arterial e batimentos cardíacos, rastreamento (GPS), botão S.O.S (ligado a central médica), entre outros.

O público alvo explorado é o médio idoso, feminino e masculino, pertencente as classes sociais A e B. Dentro deste público, trouxemos em perspectiva o nicho de idosos preocupados com sua saúde e bem estar, antenados à moda e com vontade latente de integração social.

ergonomia cognitiva

SENSAÇÃO E PERCEPÇÃO DOS USUÁRIOS

Sensação e Percepção são etapas de um mesmo fenômeno, envolvendo a captação de um estímulo ambiental e transformando-o em cognição (Iida, 2005).

Conforme a citação de Itiro Iida, contextualizando as etapas de sensação e percepção, buscamos explorar os seguintes pontos para projeção do relógio inteligente idealizado:

  • Tato
  • Olfato
  • Paladar
  • Audição
  • Visão

Para sensação destacamos que o produto gera as seguintes impressões no usuário:

  • Visão: o relógio emite uma luz do visor, impactando no recebimento da informação visual pelo usuário. 
  • Audição: o produto emite avisos sonoros para dar relevância aos informativos necessários.
  • Tato: Vibração para avisos informativos; Tela touch screen com função swipe;

    Para a percepção destacamos que o produto imprime no usuário as seguintes percepções: a luz emitida pelo visor transmite imagens significativas; O aviso sonoro possuí caráter de lembrete informativo; A vibração enaltece um lembrete importante.

TRATAMENTO DA INFORMAÇÃO

O tratamento da informação tem como caráter entender o processamento da informação recebida pelo usuário na interação com o produto. 

Dentro deste tópico devemos avaliar a viabilidade do relógio conforme os processos de identificação, interpretação e decisão do idoso ao utilizar o produto sugerido.

Com relação às sensações e percepções destacadas, concluímos que o relógio inteligente proporciona:

  • Aviso sonoro > Notificação percebida pelo aviso do medicamento correto a ser ingerido, e em qual quantidade, no horário programado. Tem como função acionar o usuário da ação (tomar o remédio).
  • Luz > Terá como função emitir os ícones relacionados ao tipo de medicamento a ser tomado, como pílula, xarope ou comprimido. Garante com isso a ingestão correta do medicamento indicado.
  • Vibração > Tem caráter informativo, para destacar a importância de ingerir determinado medicamento. A funcionalidade para assim que o idoso tocar na tela do relógio.

ERGONOMIA INFORMATIVA

PERCEPÇÃO VISUAL

Em relação às diferentes percepções visuais de cada indivíduo, existem aspectos da fisiologia ocular que
influenciam esse diferencial, que aparecem através da idade, da acuidade visual, da acomodação, da convergência e da percepção das cores (Castro, 2006).

A percepção visual busca entender como a informação visual é recebida pelo usuário do produto estudado, analisando também quais são os possíveis pontos de conflito quando nos deparamos com limitações e restrições visuais.

No caso do “Smart Watch for Advanced Style”, buscamos propôr um produto de cores minimalistas (preto e branco), com alto contraste de cores para facilitar a leitura do visor e brilho alto porém com a funcionalidade de ajuste de luz para não agredir os olhos do idoso.

O layout das tela traz um formato também minimalista, objetivando a informação necessária (exemplo: caso o idoso deseje ver as horas, ele terá acesso a uma tela com um relógio de ponteiros digitais porém com a informação analógica).

CORES E FADIGA VISUAL

Cores

Quando analisamos as limitações visuais, um dos pontos de atenção é respeitar usuários com restrições como daltonismo.

Para evitar o conflito informacional, optamos por utilizar apenas as cores preto e branco, as quais respeitam o código comunicacional proposto pelo designer português Miguel Neiva.

Além disso, as cores preto e branco asseguram maior acessibilidade à informação, permitindo uma leitura mais fácil por meio do jogo entre brilho e contraste, também transmitindo uma imagem séria do produto ao receptor.

Fadiga Visual

Para desenharmos o relógio com base nos conceitos de fadiga visual, visando oferecer a melhor solução para nossos usuários, destacamos os seguintes pontos de atenção para o desenvolvimento do mesmo:

  • Evitar o uso de informações e ícones muito pequenos
  • Cuidado com o brilho excessivo
  • Uso de contraste para garantir a leiturabilidade das informações
  • Uso de imagens com pouco ou nenhum movimento no display

Conclusão

Com base nos tópicos explorados nas sessões anteriores, concluímos que o relógio inteligente proposto respeita as limitações ergonômicas do público alvo, sugerindo uma solução acessível, moderna e alinhada ao bem estar do usuário.

feito

Use agora o Mettzer em todos
os seus trabalhos acadêmicos

Economize 40% do seu tempo de produção científica