RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

CENTRO DE ASSISTÊNCIA AO DESENVOLVIMENTO PROFISSIONAL LTDA CENTRO LITERATUS

RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO

THAYANY DE SOUZA CARDOSO

Introdução

Este relatório tem como por objetivo mostrar todo conhecimento obtido no período de estágio na empresa Integração transportes, onde pude colocar em prática meus conhecimentos sobre técnicas de enfermagem, normas relacionadas, tarefas executadas e novas experiências, é o que mais pude aprender para que acrescentasse no meu aprendizado.

Tive a oportunidade também de conhecer mais sobre a empresa na qual conhecia somente pelo nome, e juntos com seus colaboradores, pude realizar palestras onde foi muito importante para o meu crescimento profissional, e por se tratar de uma empresa de qualidade, entraram várias normas regulamentadoras, que serão citadas e comentadas de acordo com o que é exigido e como são executadas.

2. NR1- DISPOSIÇÕES GERAIS

        As Normas Regulamentadoras – NR, relativas à segurança e medicina do trabalho, são de observância obrigatória pelas empresas privadas e públicas e pelos órgãos públicos da administração direta e indireta, bem como pelos órgãos dos Poderes Legislativo e Judiciário, que possuam empregados regidos pela Consolidação das Leis do Trabalho – CLT.

       Cabe ao empregador: a) cumprir e fazer cumprir as disposições legais e regulamentares sobre segurança e medicina do trabalho; b) elaborar ordens de serviço sobre segurança e saúde no trabalho, dando ciência aos empregados por comunicados, cartazes ou meios eletrônicos.

COMENTÁRIO

A empresa EUCATUR, prega claramente essa norma, pois faz um trabalho sério e eficaz para cumprir tudo o que é estabelecido por todas as normais que nela contém. Como estagiária pude participar e pôr meus conhecimentos em prática, além de ver mais perto cada norma e como funcionam.

3. NR4- SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EM ENGENHARIA DE SEGURANÇA E MEDICINA DO TRABALHO (SESMT)

A implantação do SESMT depende da gradação do risco da atividade principal da empresa (Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAE) e do número total de empregados do estabelecimento.

Dependendo desses elementos o SESMT deverá ser composto por Engenheiro de Segurança do Trabalho, Médico do Trabalho, Enfermeiro do Trabalho, Auxiliar de Enfermagem do Trabalho, Técnico de Segurança do Trabalho.

O quantitativo dos membros do SESMT na empresa será definido mediante a quantidade de empregados da empresa.

O SESMT tem por finalidade promover ações de prevenção e correção dos riscos encontrados para tornar o ambiente de trabalho um lugar seguro. Compatível com a preservação saúde, e com a segurança do trabalho.

COMENTÁRIO

O SESMET da Eucatur é composto pelos seguintes profissionais:

• 2 Médicos do Trabalho

• 1 Serviço Social

• 1 Psicólogo

• 1 Engenheiro de Segurança do Trabalho

• 2 Técnicos de Segurança do Trabalho

• 2 Técnicos de enfermagem do trabalho

            Passei pouco tempo na empresa, mas percebi o quanto a pregação do SESMET é importante para um bom funcionamento de uma empresa de grande porte. Foram realizados inúmeros procedimentos que é de responsabilidade do SESMET, como por exemplo, palestras, ações que mobilizem funcionários com a prevenção, promoção, e a tentativa de eliminar riscos que possam prejudicar ao funcionário. Então, semanalmente essas medidas são realizadas, e eu fiz parte da equipe colocando todo meu conhecido em prática com a intenção de contribuir com o objetivo pretendido.

            Outras responsabilidades do SESMET que também são realizadas são, as consultas e atendimentos médicos onde tive a oportunidade de presenciar como realmente funcionam, como: PCMSO ( Programa de Controle Médico e Saúde Ocupacional ), abertura da CAT ( Comunicação de Acidente de Trabalho ) onde são dadas total assistência ao colaborador, visando a melhoria em geral relacionado a saúde.

4. NR 5 – Comissão Interna de Prevenção de Acidentes – CIPA

Todas as empresas privadas, públicas, sociedades de economia mista, instituições beneficentes, cooperativas, clubes, desde que possuam empregados celetistas, dependendo do grau de risco da empresa e do número mínimo de 20 empregados são obrigadas a manter a CIPA.

Este dimensionamento depende da Classificação Nacional de Atividades Econômicas – CNAE, que remete a outra listagem de número de empregados.

Seu objetivo é a prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho, tornando compatível o trabalho com a preservação da saúde do trabalhador.

A CIPA é composta de um representante da empresa – Presidente (designado) e representantes dos empregados, eleitos em escrutínio secreto, com mandato de um ano e direito a uma reeleição e mais um ano de estabilidade.

Mesmo quando a empresa não precisar ter membros eleitos de acordo com o dimensionamento previsto. Ele deverá ter um membro designado pelo empregador. Esse designado responderá pelas ações da CIPA na empresa.

      COMENTÁRIO

Na empresa EUCATUR os membros da CIPA participam das reuniões para discutir em relação aos riscos no trabalho, afim de resolver o problema e evitar transtornos para ambas as partes, tanto funcionário como empresa. Nisso também é proposto palestras e orientação aos colaboradores, e como incentivo são oferecidos cursos e oportunidades de promoção para quem comparecer.

NR 6 – Equipamentos de Proteção Individual

As empresas são obrigadas a fornecer aos seus empregados equipamentos de proteção individual, destinados a proteger a saúde e a integridade física do trabalhador.

O EPI deve ser entregue gratuitamente, e a entrega deverá ser registrada.

Todo equipamento deve ter o CA (Certificado de Aprovação) do Ministério do Trabalho e Emprego e a empresa que importa EPIs também deverá ser registrada junto ao Departamento de Segurança e Saúde do Trabalho, existindo para esse fim todo um processo administrativo.

COMENTÁRIO

Na EUCATUR é feito constantemente o monitoramento e inspeção sobre o uso do EPI, e sempre que possível é realizado novas orientações reforçando o uso deles. Alguns EPI´S usados são máscaras, óculos de proteção, protetor auricular, botas, luvas, e entre outros de acordo com a necessidade de cada setor, onde os mesmos são entregues na admissão do colaborador na empresa, em que o setor de Segurança do Trabalho é responsável. No período em que estive lá presenciei em algumas palestras o reforço do uso correto do EPI afim de ajudar na prevenção de doenças e risco a saúde. 

NR 7 – Programa de Controle Médico de Saúde Ocupacional

Essa norma estabelece, dentre outras coisas, a obrigatoriedade de exames médicos obrigatórios para as empresas.

São eles:

– Exame admissional,

– Exame periódico,

– Retorno ao trabalho,

– Mudança de função,

– Demissional

 E exames complementares, dependendo do grau de risco da empresa, e agentes agressores presentes no ambiente de trabalho, a critério do médico do trabalho e dependendo dos quadros na própria NR 7 , bem como, na NR 15 (Insalubridade), existirão exames específicos para cada risco que o trabalho possa gerar.

   COMENTÁRIO

Em relação ao PCMSO a empresa segue à risca quando se fala na NR7, todos os colaboradores tem que passar pelo processo de realização de exames, que são eles: admissional, periódico retorno ao trabalho, mudança de função e demissional, alguns exemplos de exames entres eles estão (Grupo sanguíneo, Hemograma completo BHCG, para algumas funções exames de vista , e audiometria, alguns exames complementares na empresa são solicitados a pedidos do médico do trabalho dependendo do grau de risco, tive a sorte e oportunidade de estar lá no período de realização de exames periódicos onde pude ajudar na preparação desse processo, como por exemplo: preparar ficha e ASO ( Atestado de Saúde Ocupacional ) além de encaminhar cada colaborador para fazer os exames de acordo com risco de seu setor.

NR 9 – Programa de Prevenção de Riscos Ambientais

Estabelece a obrigatoriedade da elaboração e implantação do Programa de Prevenção de Riscos Ambientais (PPRA) a todas as empresas que admitam trabalhadores como empregados.

O PPRA objetiva a preservação da saúde e integridade do trabalhador, através da antecipação, reconhecimento, avaliação e controle dos riscos ambientais existentes, ou que venham a existir no ambiente de trabalho, tendo em vista a proteção ao meio ambiente e até dos recursos naturais.

O PPRA é um programa dinâmico e se for levado a sério desde a elaboração até a execução das medidas preventivas, pode contribuir de forma bem significativa para a organização das ações de prevenção de acidentes e doenças do trabalho dentro de cada empresa.

COMENTÁRIO

 A empresa possui um mapa de risco de todos os setores, sinalizando o tipo de perigo em cada setor, todos são orientados em como proceder em um caso de acidente dentro da empresa, a equipe de enfermagem juntamente com a equipe de segurança do trabalho reforçam as instruções e orientações durante a semana nas palestras que são realizadas.

NR 15 – Atividades e Operações Insalubres

Com base na NR 15, o termo insalubridade é usado para definir o trabalho em um ambiente hostil á saúde.

Tem direito ao adicional de insalubridade devido o trabalhador que exerce suas atividades em condições insalubres nos termos da NR 15.

Os agentes causadores de insalubridade estão contidos nos anexos da NR 15, alguns exemplos de agentes insalubres são ruído contínuo ou permanente; ruído de Impacto; tolerância para exposição ao calor; radiações ionizantes; agentes químicos e poeiras minerais.

COMENTÁRIO 

Na empresa EUCATUR alguns setores recebem insalubridade, como quem trabalha no trafego, que estão expostos aos ruídos, poeiras, e exposição ao calor, exemplos: cobradores e motoristas que trabalham diretamente externos.

NR 17 – Ergonomia

Esta norma estabelece os parâmetros que permitam a adaptação das condições de trabalho às características psicofisiológicas do homem. Máquinas, ambiente, comunicações dos elementos do sistema, informações, processamento, tomada de decisões, organização, tudo isso gera consequências no trabalhador, e devem ser avaliados, e se necessário, reorganizado.

Observe-se que as LER – Lesões por Esforços Repetitivos, e as denominadas DORT – Doença Osteomuscular, relacionada ao trabalho constituem o principal grupo de problemas à saúde, reconhecidos pela sua relação laboral.

O termo DORT é muito mais abrangente que o termo LER, constante hoje das relações de doenças profissionais da Previdência.

COMENTÁRIO

A Ergonomia é presente na EUCATUR, acredito que a empresa tem noção da sua importância, afinal para que tudo flua de maneira certa e rápida é necessário que o colaborador tenha um lugar confortável e favorável para executar suas tarefas. No período curto que estive lá, participei de uma campanha sobre LER-DORT, em que eu juntamente com as meninas da enfermagem e segurança fomos responsáveis de preparar, com isso contribui e aprendi muito, pois passei todo meu conhecimento teórico aos funcionários.

NR 23 – Proteção contra Incêndios

Todas as empresas devem possuir proteção contra incêndio; saídas para retirada de pessoal em serviço e/ou público; pessoal treinado e equipamentos. Em 2011 essa norma foi alterada e já não tem muito a oferecer.

Todas as questões relacionadas a incêndios devem ser resolvidas observando as legislações estaduais do Corpo de Bombeiros.

COMENTÁRIO

Na empresa EUCATUR existe brigada de emergência/incêndio, possui também a rota de fuga e saída de emergência, e o ponto de encontro em casos de sinistros, os colaboradores são treinados e informados pelos brigadistas que se encontram na empresa, para que em caso de qualquer situação do tipo os funcionários saibam o que fazer.


NR 26 – Sinalização de Segurança

Determina que devam ser utilizadas cores para a identificação de canalizações e equipamentos de segurança, delimitação de áreas e avisos de riscos. A ideia é a prevenção de acidentes por distração, confusão ou fadiga do trabalhador e também dar atenção especial aos produtos e locais perigosos. Cada cor tem funções específicas e são padronizadas.

COMENTÁRIO 

Ao decorrer do estágio, percebi que a empresa é toda sinalizada, e cada setor com a sua particularidade de segurança para que não ocorra acidente e possa também identificar os tipos de riscos.

NR 32 – Segurança e saúde no trabalho em serviços de saúde

Estabelece diretrizes básicas a serem seguidas para implementar medidas de proteção, segurança e saúde dos trabalhadores dos serviços de saúde e todos que exercem atividades de promoção e assistência a saúde em geral. A norma é bem específica e ressalta programas de prevenção principalmente relacionados aos riscos biológicos (infecções por micro organismos).

COMENTÁRIO 

Como dito anteriormente, toda semana é feito palestras com o intuito de proteger e orientar o colaborador, e ao uso de EPI´S corretamente, para que assim seja evitado problemas futuros, pois nesse caso o meio certo de eficaz de se tomar é a prevenção.

IDEOLOGIA DA EMPRESA

1.1 Missão

Servir e integrar a sociedade, através do transporte coletivo, com responsabilidade, qualidade e sustentabilidade.

1.2 Visão

Figurar entre as melhores empresas para se trabalhar e ser reconhecida nacionalmente.

1.3 Valores

Respeito a vida

Estilo Ousado

Comprometimento Social

Parceria com Fornecedores

Simplicidade nas Relações

Conclusão

Por fim, foi com grande honra mesmo que por curto período de estágio, eu como estagiária, tenha feito parte da empresa EUCATUR, pude ver o quanto se dedicam para que tudo ocorra em ordem e de maneira correta, e nisso me ajudou ser um profissional melhor e com mais qualidades.

Durante meu relatório foi citado uma das empresas que fazem parte desta, a Integração Transportes, que porem tem o mesmo intuito, e junto com todos os colaboradores conseguimos passar muito conhecimento de ambos os lados, que com isso só me fez crescer profissionalmente, então em resumo geral o estágio foi de grande valia para que eu consiga concluir meu curso com êxodo afim de superar qualquer desafio na minha vida como técnica de enfermagem do trabalho.

IDENTIFICAÇÃO DA EMPRESA

Razão Social: Integração Transporte Ltda.

Endereço: Avenida Camapuã, Nº 921, Cidade Nova – Manaus –Am.

CEP: 69.097.720

CNPJ Nº: 13484296/0001-5

CNAE Principal Nº 49.21-3-01 – Transporte rodoviário coletivo de passageiros com itinerário fixo, municipal.

C.N.A.E SECUNDÁRIO Nº

49.21-3-02 Transporte rodoviário coletivo de passageiros, com itinerário fixo, intermunicipal em região metropolitana;

49.22-1-01 – Transporte rodoviário coletivo de passageiros, com itinerário fixo, intermunicipal, exceto em região metropolitana;

49.22-1-02 – Transporte rodoviário coletivo de passageiros, com itinerário fixo, interestadual;

49.22-1-03 – Transporte rodoviário coletivo de passageiros, com itinerário fixo, internacional.

 Graus de Risco: 03 (três) Grupo: C-24c.

Nº de funcionários: 1108 (mil cento e oito).

 Constituir CIPA: Sim.

TERMO DE COMPROMISSO

Estágio supervisionado de 88 horas, na empresa INTEGRAÇÃO TRANSPORTES Ltda. Realizado por THAYANY DE SOUZA CARDOSO, que constarão assuntos que foram abordados de acordo com as atividades realizadas, utilizando o embasamento das Normas Regulamentadoras. Declara-se de inteira veracidade cada informação descrita neste relatório, sendo de acordo com as observações do supervisor técnico no local do estágio.

 _____________________________           ___________________________ 

                    Estagiária                                             Supervisor de estagio

      Thayany de Souza Cardoso                                      Israel Lemos

APÊNDICE A — Subtitítulo do apêndice

Apêndices tem objetivo de melhorar a compreensão textual, ou seja, completar ideias desenvolvidas no decorrer do trabalho.

ANEXO A — Subtitítulo do anexo

Anexos são elementos que dão suporte ao texto, mas que não foram elaborados pelo autor.

feito

Use agora o Mettzer em todos
os seus trabalhos acadêmicos

Economize 40% do seu tempo de produção científica