RELATÓRIO DE ESTÁGIO

Centro de Profissionalização e Educação Técnica

RELATÓRIO DE ESTÁGIO

JOÃO RAFAEL ROCHA DALLABRIDA

Introdução

O Estágio Curricular Supervisionado, é indispensável na formação dos profissionais que atuam no setor imobiliário, este é um processo de aprendizagem necessário a um profissional que deseja realmente estar preparado para enfrentar os desafios de uma carreira e deve acontecer durante todo o curso de formação acadêmica ou no final do mesmo, por meio do estágio obrigatório os estudantes são incentivados a conhecerem espaços de negócios e atividades de atuação de um corretor imobiliário, isso faz com que o mesmo entre em contato com a realidade sociocultural e econômica da profissão. O estágio possibilita uma preparação à realização das atividades práticas que um corretor executa, abre a oportunidade de entrada neste mercado e possibilita que exista uma relação entre a teoria (aprendida no decorrer do curso) e prática.

É notório que o aprendizado é muito mais eficiente quando é obtido através da experiência; na prática o conhecimento é assimilado com muito mais eficácia, tanto é que se torna muito mais comum ao estagiário lembrar-se de atividades durante o percurso do seu estágio do que das atividades que realizou em sala de aula enquanto aluno.

1.2 A empresa

A Marajó Empreendimentos Imobiliários está situada na quadra 104 Sul, Rua Se 09, S/N, Plano Diretor Sul - Lote 24 Sala 5, em Palmas estado do Tocantins, onde a aluna Kelania Alves dos Santos Machado cumprido o seu estágio obrigatório do Curso técnico em transações imobiliárias.

A Marajó Empreendimentos Imobiliários EIRELI iniciou as suas atividades em 1996, tendo como sócios os irmãos Marilson Moreira Farina e Marildo Moreira Farinha, a empresa vem se mantendo no mercado devido a sua seriedade, ética e transparência, com a missão de satisfazer o sonho do cliente com a segurança que ele merece. A empresa atua principalmente na área de vendas e avaliação de imóveis, cumprindo todas as normativas de acordo com os critérios mercadológicos das normas da ABNT- Associação Brasileira de Normas Técnicas – Série NBR – 14.653, e também de acordo com Lei 6.530/78 – Artigo 3° que regulamenta a Profissão dos Corretores de Imóveis e a Resolução 1.066/2007 do COFECI - Conselho Federal dos Corretores de Imóveis.

A organização, como já mencionado anterior mente encontrasse inserida no setor de prestação de serviços do ramo imobiliário. Observa-se que nos últimos anos a demanda por esses serviços aumentou e uma das explicações para este fato deve-se ao aumento do crédito imobiliário ofertado no mercado, principalmente neste ano de 2020. O Governo Federal tem incentivado este crescimento através da criação do programa de habitação e o crédito imobiliário ofertado pela Caixa Econômica Federal não para de crescer com perspectiva de superar as suas metas para o ano de 2019. Mesmo este sendo um ano especialmente complicado em diversos setores da economia, observou-se um crescente aumento na demanda de imóveis residências, e com os incentivos dados pelo governo, o ano de 2020 ainda trouxe expressivos ganhos neste setor.

 É relevante destacar que, por mais que a empresa tenha sido fundada em 1996, tendo assim mais de vinte anos de tradição no mercado palmense, ela ainda conta com uma pequena instalação, e poucos funcionários, sendo somente uma secretária administrativa, os dois irmãos sócios e alguns corretores imobiliários freelance. Sendo o foco principal da empresa as vendas diretas e comissões.

1.3 Objetivos


1.3.1. Objetivo Geral

Descrever as atividades desemprenhadas pela empresa Marajó Empreendimentos Imobiliários Ltda.

1.3.2. Objetivos Específicos


● Levantamento bibliográfico

● Descrever as atividades desempenhas na empresa durante o período de estágio.

● Fazer uma análise ambiental da empresa: definir a missão, identificar

ameaças e oportunidades, pontos fortes e fracos da organização;

Desenvolvimento 

  2.1 O setor imobiliário e as suas diversas áreas de atuação

O mercado imobiliário pode ser caracterizado por gerar o desenvolvimento do espaço urbano das cidades e possibilitar maior qualidade de vida para a sociedade. Em todas as cidades proporciona um crescimento da economia local ou regional, devido ao grande volume de emprego direto ou indireto gerado por seus serviços agregados, como, por exemplo, incorporação imobiliária, corretagem, publicidade, sistema financeiro habitacional, daí compreende-se que o mercado imobiliário permite uma porção inexorável de aplicações e de áreas de atuação.

Porém existe competências que são exigidas de uma empresa ou profissional para que ambos tenham sucesso na área escolhida, de acordo com Perrenoud (1999) está competência é relacionada ao domínio prático de situações do dia a dia, bem como a condução de processos documentais, a gestão administrativa da empresa, prestar assessoria com qualidade, conhecimento e aplicação das leis para a liberação e comercialização de um imóvel, seja ele comercial ou residencial.

 Como visto no decorrer do curso e constatado com a realização do estágio e o levantamento de referencial teórico para o tcc, são muitas as áreas de atuação de um corretor, o mercado imobiliário é sem duvida alguma muito amplo e creio de oportunidades, sendo este muito bem dividido orquestrado, logo como Perrenoud relata a cima, é necessário existir certas competências em um corretor e empresa devem adquirir caso desejem lucrar neste mercado de grandes oportunidades e com muitos concorrentes.

A empresa Marajó Empreendimento imobiliario é responsável por executar as atividades a baixo descritas:

 a) captação de imóveis (é determinada uma área para a captação para disponibilizá-los na carteira de imóveis da empresa);

b) divulgação de imóveis (após a captação dos imóveis, estes são divulgados tanto no site da empresa como também no site contratado para a divulgação de imóveis);

 c) atendimento ao cliente (após contato com a imobiliária, o cliente seleciona o imóvel para visitação e possível compra ou aluguel);

 d) venda de imóveis (assim que houver o interesse de compra do imóvel, a empresa providencia a intermediação do vendedor com o comprador);

e) documentação (após a venda a empresa providencia toda a documentação para o cliente, tanto para o registro como também para financiamento, se necessário);

f) aluguel de imóveis (após a captação estes imóveis são divulgados no site, e quando o cliente solicitar, é efetuada a visita ao imóvel, providenciando toda documentação necessária para a locação)

g) administração de imóveis (quando efetuada a locação, fica a opção do cliente a administração desta locação pela imobiliária. Se é passada esta administração à imobiliária, esta se encarrega de toda cobrança, renovação, reajustes do imóvel locado junto ao locatário)

2.2 As atividades desempenhas na empresa durante o período de estágio.


     2.2.1 Participação de negociações imobiliárias.

Uma importantes atividades desempenhada por uma empresa do ramo imobiliário é sem dúvidas a negociação, e no período em que estagie na imobiliária Marajó pude presenciar diversos processos de negociações imobiliárias, a empresa em que estagiei tem como principal foco a compra e venda de imóveis, e nesses processos de compra e venda existem diversas etapas a serem seguidas e organizadas, que vão muito além do que a teoria dita como principais etapas de negociação.

É claro que existe etapas que são genéricas como:

a) A análise de cliente e de mercado

b) Qualificação do cliente e do vendedor ou locador de imóvel

c) A negociação e a conclusão de venda ou locação de um imóvel

É interessante observar o desenrolar de cada etapa, de como se capta um cliente que possui um móvel para venda e se encontra outro cliente interessado em vender ou locar o bem, nesse tramite de negociação imobiliária duas questões se destacaram para mim, pois antes de vender ou locar um bem, deve-se conhecer muito bem ele, observei que um corretor deve passar para o cliente confiança, e por isso, ter as respostas sobre o imóvel na “ponta da língua” favorece um esclarecimento maior e gera confiança no cliente, logo antes de se vender alguma coisa deve-se fazer o dever de casa sobre o bem.

Observei que as melhores comissões vem de compradores e investidores que não são leigos no mercado (pelo menos nesta imobiliária e no tempo em que fiquei estagiando), é que os compradores sabem ou pesquisam bastante antes de comprar um imóvel, então fornecer conhecimento e material novo sobre o produto como mostrar a ele características únicas, detalhes minuciosos sobre o bem pode ser dúvidas nem uma ser um diferencial no processo decisivo do cliente e no que os corretores daqui chamam capitação de clientes.

Outro fator interessante nas negociações são os valores negociados, nem sempre aquilo que um vendedor pede em um bem é o valor que realmente aquele bem vale, daí entra a etapa de avaliação do imóvel, das suas características físicas e edificação, de onde está localizado, se o vendedor tem pressa em se desfazer do bem ou se pode espera. Nas negociações o valores podem ser modificados e variar, cabendo o administrador da negociação saber equilibra e ter paciência com os dois lados da troca, já que uma venda pode ser rápida ou pode demorar indefinidamente.

 2.2.2 Participação em elaboração de contratos de compra e venda e alugueis.

Depois que os dois lados chegam em um acordo, tanto um vendedor quanto um comprador, ou um locador e um locatário, chega a etapa fundamental da relação, a elaboração de um contrato onde esteja explicito todos os deveres e direitos de ambas as partes, contrato este de deve ser pautado na legislação vigente, e em que ambas as partes de comum acordo aceitem os critérios estabelecido.

Ao se tratar da elaboração de um contrato a empresa Marajó Imobiliária tem a sua disposição uma porção de modelos pré-produzidos por assim dizer, cabendo ao administrador da negociação (normalmente o corretor responsável pela negociação) o papel de deixar explicito no contrato o que ambas as partes decidiram durante a negociação, é interessante ressaltar que por mais que os contratos sejam feitos a partir de modelos eles passam por revisão antes de serem enviados para a avaliação dos clientes, na imobiliária quem faz essa revisão é o sócio Marilson Moreira Farina que é formado em direito.


2.2.3 Participação no setor de cobrança da imobiliária e da administração de bens.

Como dito anteriormente, a empresa onde foi realizada o estágio, tem como foco principal a compra e venda de imóvel, logo a administração de bens não possui uma cartela de imóveis muito extensa, a empresa possuía até o momento em que finalizei o estágio, apenas sete salas comercias e dois prédios, para administrar.

Quem fica encarregada da constatação de recebimento de valores ou do débitos é a secretária administrativa da empresa. Eles utilizam como forma de checagem de pagamento de alugueis o envio de comprovantes de pagamentos dos locatários, e as cobranças são feitas via email e via telefone.

Ao contatar que a data de vencimento de um aluguel está próxima a secretária envia uma mensagem de texto via WhatsApp lembrando o locatário de que o aluguel está próximo da data de vencimento.

Ao verificar a falta de envio de comprovante de pagamento, liga-se cobrando o pagamento do aluguel e se envia um email, se o locatário não der uma justificativa e um prazo para efetuar o pagamento então a dívida é protestada.

O que observei no período de estágio é que com a pandemia passou a existir muito mais casos de inadimplência, casos esses corriqueiros, e a grande parte dos inadimplentes (pelo menos nesta imobiliária), foram os que tinham pontos comerciais (salas comerciais, lojas e etc).

A imobiliária se viu obrigada a entrar em contato com os locadores proprietários para negociar descontos, pois com o tempo a inadimplência ficou muito constante e os aligueis com multas e juros previstos nos contratos somaram um monta muito alto.

2.3 análise ambiental da empresa: definir a missão, identificar ameaças e oportunidades, pontos fortes e fracos da organização;

       2.3.1 A missão da organização


Em suma os a missão da organização é: 

Missão

"Atuar no mercado imobiliário, com foco na locação e venda de imóveis, garantindo a satisfação dos clientes na prestação de serviços, através do comprometimento e qualificação contínua dos nossos colaboradores, da confiança e da credibilidade mantida ao longo dos nossos 32 anos de experiência profissional".

Visão

"Ser líder no mercado imobiliário e manter o reconhecimento adquirido, estando entre as melhores administradoras de imóveis de Ribeirão Preto e Região. Expandir nosso volume de locações e venda de imóveis por meio da qualidade dos nossos serviços e da profissionalização da nossa estrutura organizacional."

Valores

"Nossos valores são fundamentais para a gestão e administração dos negócios, de modo a garantir o melhor relacionamento interno e externo, são eles: Ética, Justiça, Respeito, Eficiência, Solidariedade, Comprometimento, Bom relacionamento interpessoal."


       2.3.2 Pontos fortes e fracos observados na organização


Pontos fortes 01 - Tempo de mercado e confiança 


Segundo o depoimento de alguns dos clientes, a Marajó Imobiliária possui como ponto forte a relação com os clientes. Alguns destacam a transparência nas negociações e a empatia dos corretores, que respeitam a opinião do cliente e não tentam a todo custo apenas fechar um negócio. 

Também já foi relatado que em outras imobiliárias, as mesmas características não foram encontradas. Com base nisso, o recurso imagem da empresa foi encarado como valioso e raro. Tal recurso, no entanto, pode ser adquirido por outras imobiliárias através da mudança da política interna.

Por fim, o tempo no mercado é julgado valioso por contribuir para a imagem da empresa e sua consistência. Também é raro por existirem poucas com o mesmo ou maior tempo no mercado, quando se compara ao total de imobiliárias. Por se tratar de condições históricas, tal recurso não pode ser facilmente adquirido.

Ponto fraco 01 – A área de marketing

A empresa conta com mais de vinte anos no mercado, e não possui site, e nem é atuante nas redes sociais, o que é desesperador levando em conta o mundo e o mercado de hoje, é notório que uma empresa deve investir em marketing para atrair mais clientes e demostrar todo o seu potencial de mercado. Mas o que acontece no momento é que a imobiliária confia muito nos clientes já retidos pela mesma e não investe visibilidade.

O novo público é mais exigente, tem uma visão diferenciada do mercado e há aqueles que procuram imóveis para investimento e não estão no setor local, daí como atrair essas pessoas? É necessário que o desenvolvimento de um plano de marketing para direcionar os esforços do empresário ao objetivo desejado e rentável.

Ponto fraco 02 - O acumulo de tarefas

É possível verificar o a cumulo de função que os administrados tem, esse acumulo de tarefas é bem visível na imobiliária, citando como exemplo a secretária que além de realizar o atendimento aos clientes, também cuida do setor de RH da empresa, faz a entrevista com os novos colaboradores e cuida da folha. Esse excesso de função e de tarefas pode gerar graves falas no processo administrativo, já que nem todas as atividades repassadas a ela podem ser cumpridas imediatamente ou serem realizadas de forma eficiente. Pois se verifica uma  falta do conhecimento de técnicas gerenciais, o empresário da pequena empresa, normalmente, exerce papéis de encarregado da produção, office-boy, vendedor, planejador de produção, controlador de custo, pagador, assistente técnico, chefe de manutenção, além de atender o cliente. 

Segundo Vieira, com o acúmulo de tarefas menos nobres, não existe tempo para planejar o negócio, pensar no futuro, conquistar novos clientes, reunir-se com clientes tradicionais para ouvir suas críticas e sugestões. Este acúmulo de tarefas impede o empresário de perceber o surgimento de novas tecnologias que, segundo Pereira [PER95], eliminam a médio prazo atividades tradicionais que hoje são executas pelas pequenas empresas, alterando seu potencial de produtividade.

mETODOLOGIA 

Este trabalho foi elaborado através de uma pesquisa bibliográfica e uma pesquisa documental. A pesquisa bibliográfica consiste na investigação de trabalhos e estudos já realizados por outros autores, e serve para dar a base científica do artigo.

Já a pesquisa documental é aquela que busca um exame de materiais que ainda não foram observados de forma analítica, visando novas interpretações ou interpretações complementares, incluindo materiais escritos, materiais estatísticos e elementos iconográficos. Nesta perspectiva (CALADO; FERREIRA, 2004, p.3) corrobora ao afirmar que:

Os documentos são fontes de dados brutos para o investigador e a sua análise implica um conjunto de transformações, operações e verificações realizadas a partir dos mesmos com a finalidade de se lhes ser atribuído um significado relevante em relação a um problema de investigação.

A pesquisa é classificada como um estudo de caso descritivo e exploratório, com análise restrita de dados sobre marketing digital voltado para o setor imobiliário, salientado que os resultados, obtidos por meio do estudo, não devem ser generalizados e utilizados como regra para as questões analisadas.

Para Yin (2001), o estudo de caso constitui-se de uma interpretação profunda e exaustiva sobre um objeto. Esse trabalho é específico e detalhado em busca de esclarecimentos sobre determinada situação, cujos resultados são, geralmente, hipóteses de causas, motivos e circunstâncias de determinado acontecimento. Ele é entendido como o delineamento mais adequado para a investigação de um fenômeno contemporâneo, dentro de seu contexto real, com limites rígidos. O autor ressalta que o estudo de caso pode ser exploratório descritivo ou explicativo e que cabe ao pesquisador a capacidade de saber identificar situações nas quais esses métodos podem ser utilizados.


Conclusão 


E não á felicidade maior, para quem escolhe e se dedica a uma formação técnica do que a de ver, seus esforços dando frutos, observar que a carreira escolhida e os percalços passados para a formação, valeram a pena, e o estágio possibilita essa certeza, já que a vivencia na futura profissão é sem dúvida um divisor de águas, e com esse aprendizado e vem severas observações como a de que um corretor imobiliário, seja ele autônomo ou contratado, trabalha muito para adquirir expertise, para fazer o seu nome e montar a sua ‘’carteira’’ como chamam no Tocantins. É relevante ressaltar que esta é uma profissão de altos e baixos, que nem todo tempo existirá ótimas camisões e vendas e que existe muita concorrência no setor, mas nem por isso deixa de ser uma profissão brilhante e gratificante que possibilita uma infinidade de especializações e áreas de atuação.

Conhecer todos os trâmites operacionais com relação à documentação, com a negociação, com a divulgação dos produtos, com a captação de imóveis e de clientes é de fundamental importância para se destacar e se manter em um mercado tão competitivo. Através da prática compreende-se melhor o comportamento do mercado imobiliário e de seus clientes, de forma a direcionar o melhor método de abordagem à o cliente e conquistar o sucesso, que se finaliza com a conclusão da venda e pós-venda de um imóvel, juntamente com a satisfação do cliente. É muito gratificante perceber o quanto o cliente se encontra feliz com a sua aquisição, e constatar que foi efetuado um serviço com excelência, agindo com ética, presteza, transparência e seriedade, dando o melhor de si.

O estágio como já dito no ingresso deste relatório, é um suplemento essencial ao aluno, e através dele, é possível vivenciar todas as conjunturas dentro do mercado imobiliário, buscando aplicar de forma integral todo o conhecimento adquirido em sala de aula. Abre-se a visão do aluno mediante os processos aplicados dentro da empresa, proporcionando desenvolvê-los e participar ativamente de suas operações, contribuindo com a melhoria do atendimento ao cliente.


5 Referências

DMITRUKHilda Beatriz (Org.). Cadernos metodológicos: diretrizes da metodologia científica. 5. ed. Chapecó: Argos, 2001. 123 p.

Mettzer. O melhor editor para trabalhos acadêmicos já feito no mundo. Mettzer. Florianópolis, 2016. Disponível em: http://www.mettzer.com/. Acesso em: 21 ago. 2016.

Use agora o Mettzer em todos
os seus trabalhos acadêmicos

Economize 40% do seu tempo de produção científica