PROJETO INTEGRADOR

Fatec Franca – Faculdade de Tecnologia Dr. Thomaz Novelino

PROJETO INTEGRADOR

jESUS MAURICIO DOS SANTOS JUNIOR RA 1090641527017

Resumo

Este é um projeto interdisciplinar que está em uma fase parcial, e tem como objetivo principal desenvolver uma proposta de trabalho interdisciplinar com a finalidade dupla de possibilitar ao leitor a compreensão dos conceitos de gestão, relacionadas ao planejamento de marketing ,fundamentadas nos estudos de seus melhores autores , bem como suas respectivas implementações, execuções e avaliações, na prática, e para tanto conta com a colaboração de uma empresa piloto , que selou uma parceria com o autor para implementação de uma proposta real de trabalho quando da conclusão do curso do autor que se dará no 6 semestre do curso Tecnologia em Gestão Empresarial da instituição FATEC- Franca (Ensino a Distância) com enfoque principal na análise do cenário interno e posicionamento da empresa. Sendo que esta proposta de trabalho tem como base os dados e investigações feitas no Projeto Interdisciplinar parciais do 1 a 3 Semestre do curso em relação ás matérias curriculares estudadas como por exemplo : Gestão de Marketing, Gestão de Pessoas, Organização Sistemas e Métodos, entre outras e demonstrar a importância do uso da a relação existente de matérias estudadas em um contexto , este projeto justifica-se para compor a nota do curso em Projeto integrado ao final do quarto semestre, e um pedido adicional do sócio proprietário S.r. David Leite , para um estudo de reestruturação de negócios e a confecção de um plano piloto de marketing que será futuramente adotado pela empresa para análise e possível execução visando melhorias dos métodos que são aplicados em sua empresa nesta área. Foram utilizados o histórico e a rotina de trabalho da empresa no PI do primeiro ao terceiro semestre. Através dos resultados obtidos, pode-se perceber que a aprendizagem das disciplinas mencionadas, será de grande utilidade para a vida profissional de um gestor em uma organização, bem como um estudo sobre a ligação entre a Gestão Empresarial e a Contabilidade que é a área de atuação da empresa parceira, e objetiva -se ainda que aquele que estudar ou ler este projeto integrador parcial possa vir a ter conhecimento da fundamentação teórica de Gestão e sua aplicação prática através da proposta formulada..

Palavras-chave: Plano de marketing Rotinas

Abstract

This is an interdisciplinary project that is in a partial phase, and its main objective is to develop a proposal of interdisciplinary work with the dual purpose of enabling the reader to understand the management concepts related to marketing planning, based on the studies of their best Authors, as well as their respective implementations, executions and evaluations, in practice, and for that, counts with the collaboration of a pilot company, that sealed a partnership with the author to implement a real proposal of work upon the conclusion of the course of the author that Will be given in the 6 semester of the Technology in Business Management course of the FATEC-Franca (Distance Learning) institution with a main focus in the analysis of the internal scenario and company positioning. Being that this proposal of work is based on the data and investigations made in the Partial Interdisciplinary Project of the 1 to 3 Semester of the course in relation to the curricular subjects studied as for example: Marketing Management, People Management, Organization Systems and Methods, among others And demonstrate the importance of using the existing list of subjects studied in a context, this project is justified to compose the course grade in Integrated Project at the end of the fourth semester, and an additional request from the owner partner Sr David Leite for a business restructuring study and the preparation of a pilot marketing plan that will be adopted by the company in the future for analysis and possible execution aimed at improving the methods that are applied in your company in this area. The company’s history and work routine were used in the IP from the first to the third semester. Through the obtained results, it can be realized that the learning of the disciplines mentioned will be of great use for the professional life of a manager in an organization, as well as a study on the connection between the Business Management and the Accounting that is the area of Performance of the partner company, and it is also intended that those who study or read this partial integrator project may come to know the theoretical basis of Management and its practical application through the proposal formulated

Palavras-chave: Marketing Plan Routines

Introdução

1. Introdução

“Para o homem não há nada melhor do que ver o que é bom por causa do seu trabalho árduo. ” — Autor desconhecido

sedesedeOs autores (2017)

Dom Pedro – Contabilidade

Rua Padre Conrado, 1905 – Residencial Ana Terra Franca, SP – CEP: 14.405-275

Fone: (16) 3723-5244 / 3403-0656 / 3403-0657 /

E-mail: dompedro@dompedro.cnt.br

A empresa citada na epigrafe, tornou-se parceira do autor desde a primeira fase do Projeto integrador, do curso de Gestão Empresarial , com a proposta que esse projeto finalizasse com a execução de uma proposta de trabalho na área contábil e adaptada ás necessidades da empresa, e seus dados foram extensivamente abordados nos trabalhos parciais anteriores, bem como Análises financeiras, balanços patrimoniais e outras informações técnicas, mas, portanto, recordando de forma sucinta Dom Pedro Contabilidade de propriedade do Sr. David Leite iniciou suas atividades há cerca de 25 anos com uma meta já defendida, que é prestar serviços com qualidade, com o compromisso é fazer o máximo para que o cliente se sinta bem atendido em tudo que necessita. Usando muita tecnologia e profissionalismo na atitude diária de manter qualidade em seus serviços.

Dom Pedro contabilidade tem como VISÃO ser referencial de excelência em soluções de Gestão nas áreas de Contabilidade e Consultoria Empresarial.

É MISSÃO da empresa ajudar as organizações na solução dos problemas de Gestão, de forma ética e eficaz através de estreito vínculo, com parceiros e colaboradores, visando a integração junto à sociedade através da geração do conhecimento. Contando para isso com experientes profissionais e especialistas nas diversas áreas de negócio. Valorizamos fortemente o comportamento profissional das pessoas (contadores / consultores). E o Cliente É a razão da existência da DOM PEDRO CONTABILIDADE.

Contando atualmente com 25 colaboradores internos e vários profissionais terceirizados a empresa presta serviços em várias áreas contábeis como:- Constituição, alteração e encerramento de Empresas;- Acompanhamento de Regularidade da Empresa;- Elaboração completa de Folha de Pagamento;- Parcelamentos;- Procedimento Admissional Completo;- Cálculos de Férias e Rescisões; Homologações;- Escrituração de Notas Fiscais;- Declarações Federais, Estaduais e Municipais;- Análise e Interpretação de Balanços;- Declarações IRPJ, IRPF, ITR, RAIS, CAGED, etc.

Gostaria de ressaltar a facilidade que o Sr. David tem de gerir sua empresa, especialmente devido a seu currículo profissional, com várias formações em MBA, Administração, Ciências Contábeis e uma noção privilegiada de economia e gestão empresarial, e sua atuação como professor Universitário nestas áreas, e assim ele tem feito um deslocamento de seus conhecimentos para sua empresa e obtido excelentes resultados imediatos, especialmente quando se trata de valorizar sobremaneira a ação e o espírito de iniciativa, fazendo assim que os profissionais são encorajados a ter iniciativas, assumir riscos, ousar, criar, experimentar e quando não der certo, corrigir as ações empreendedoras.

1.1. Reestruturação do Negócio 

Marcelo Lico, sócio-diretor da Crowe Horwath Brasil, em entrevista ao Conselho Federal de Contabilidade disse que nos dias de hoje não se fala mais em “escritórios de contabilidade, mas em empresas de contabilidade”. “As estruturas são montadas não apenas para prestar serviços de contabilidade, mas praticamente para ser um consultor. A contabilidade no Brasil está passando por um momento de transformação por causa do International Financial Reporting Standards (IFRS) -, normas internacionais de contabilidade que são seguidas no país”, completa Lico, que conta com 300 clientes e se especializou na área imobiliária.

“Todas as grandes empresas do setor imobiliário são nossas clientes. Atendemos ainda companhias de médio e grande porte e internacionais. Somos uma empresa de auditoria e consultoria, e a contabilidade é um dos produtos que oferecemos”

Tendo em vista este e outros conceitos que abordaremos e analisando os aspectos de estrutura física e equipamentos utilizados pela empresa Dom Pedro Contabilidade, e sua área de atuação é de concordância do autor sob o aspecto de Gestão e do proprietário que é necessária uma reestruturação imediata em algumas áreas e houve a concordância do Gestor de Negócios da empresa Sr. Marcelo.

1.1. Desenvolvimento Proposta de Trabalho futuro.

Com esta base nos ateremos então em apresentar neste projeto um plano de reestruturação nas seguintes áreas Elaboração de Plano de Marketing para serviços. Criação de processos e Rotinas, nos concentrando nas matérias apresentadas no curso de gestão que abordam estes aspectos e pautar nossas propostas e conclusões nas matérias estudadas.

2. Elaboração de Plano de Marketing para serviços

Como qualquer planejamento, seja empresarial, administrativo estratégico ou de marketing, faz-se necessário elencar antes, o máximo possível de situações para que se crie um plano piloto, e em cima dele desenvolver os passos devidamente analisados e mensurados, com objetivos claros e possíveis.

A expressão “Planejamento de Marketing” é usada para indicar os métodos de aplicação de recursos de marketing para alcançar objetivos de marketing. O Planejamento de Marketing é usado para segmentar mercados, identificar posicionamentos no mercado, estimar o tamanho do mercado e planejar a participação viável no mercado dentro de cada um de seus seguimentos. (WESTWOOD, 2007) 

O Planejamento de Marketing implica decidir quais estratégias de marketing ajudarão a empresa a atingir os objetivos estratégicos gerais. É necessário um plano de marketing detalhado para cada negócio, produto ou marca. (KOTLER & ARMSTRONG, 2009)

Hartline (2009) apresenta de forma abrangente uma estrutura no Plano de Marketing para que seja de alguma forma adaptada em várias situações, podemos destacar Análise matriz SWOT Metas de marketing Objetivos de marketing Cronograma e prazo de implementação Auditoria de marketing, ferramentas que poderão ser usadas no projeto que se apresenta.

2.1. Planejamento de marketing: negócios com alto desempenho

A simples competência não constitui uma vantagem competitiva. A empresa de melhor desempenho será aquela que gerar o maior valor para o cliente e que sustentar esse valor ao longo do tempo. (KOTLER, 2000)

Para iniciarmos esta análise e a implementação futura de um plano de marketing, faremos algumas reflexões sobre as colocações de Kotler quanto ao desempenho das empresas, Segundo Kotler (2000), ele ancora o alto desempenho das organizações com parâmetros acertados, vejamos sua citação: 

Uma empresa inteligente cria um alto nível de satisfação de funcionários, que leva a um esforço maior, que leva a produtos e atendimento de melhor qualidade, que criam maior satisfação de clientes, que leva a negócios mais regulares, que levam a maiores taxas de crescimento e lucro, que levam a um alto nível de satisfação de acionistas, que leva a mais investimentos e assim por diante. Esse é o círculo virtuoso que significa lucros e crescimento. Empresas de alto desempenho estão cada vez mais focalizando a necessidade de gerenciar processos centrais de negócios, como desenvolvimento de novos produtos, atração e retenção de clientes e atendimento de pedidos. Estão realizando a reengenharia dos fluxos de trabalho e desenvolvendo equipes multifuncionais responsáveis por cada processo. As empresas e desempenho tão satisfatório quanto aqueles que poderiam ser obtidos fora da empresa. Muitas empresas atualmente têm optado pela terceirização de recursos menos essenciais, quando estes podem ser adquiridos fora da organização com melhor qualidade ou a custos mais baixos.

Portanto concluímos que, para que possamos avaliar o desempenho de um planejamento estratégico, temos que lançar mão de infinitas ferramentas e informações. A necessidade deste seguimento norteará novas decisões na organização, que para tanto, o seu monitoramento deve ser contínuo, devendo ficar atento à base inicial do planejamento estratégico implantado.

2.2. Planejamento estratégico 

Gostaria de focar agora os conceitos e definições do planejamento estratégico de autores renomados da área de marketing.

Planejamento estratégico de marketing é um processo gerencial voltado a criar a adequação dos objetivos e recursos da empresa às mudanças de oportunidades do mercado. Isto significa planejar de modo que a empresa descubra e aproveite as oportunidades da maneira mais inteligente e compatível com seus recursos… estabelecendo objetivos (o que se deseja atingir) e estratégias (como chegar aos objetivos). (COBRA, 1989, in SILVA, Helton Haddad et al, 2006.)

Um dos principais propósitos da estratégia de marketing é você ser capaz de escolher clientes e, consequentemente, mercados pelos quais deseja tratar. (MACDONALD, 2008)

Las Casas (2009) apresenta três passos primordiais para o Planejamento estratégico de marketing, que apresento aqui de forma resumida, tomando os tópicos principais por ele utilizados:

Determinação do mercado alvo: não se pode atender a todo mercado, existirá sempre alguém que não quer comprar seu produto e outros tantos que sim. Há, também, aqueles que procuram algo diferente, que forma outro grupo de clientes. A partir de identificados os seguimentos (seguimentos são grupos de consumidores Posicionamento: É como você quer ter seu produto identificado no mercado (de qualidade, caro, classe A, B). Primei ramente, conhecer a fundo o próprio produto, para saber o que e a quem oferecê-lo, criando um diferencial que o cliente o identifique rápido; Estratégia composto do marketing: Divulgar a imagem do produto de acordo com seus objetivos, onde deve-se cuidar da imagem do produto como um todo, incluindo aqui, qualidade, design, marca, embalagem, rótulo, garantias, assistência técnica e serviços. É neste composto que o diferencial do produto deve ser destacado, essa é a estratégia do marketing, mostrar os benefícios em comprar o produto, que será o chamariz principal nos objetivos e planos ordenados.

3. Proposta de criação de plano de marketing de serviços 

No entanto feita toda a consideração de forma resumida sobre a criação de um plano de marketing há de se convir que a empresa parceira deste projeto apresenta um desafio ímpar, pois trabalha com serviços 

4. Desafios do setor

É consenso afirmar que os serviços diferem dos bens (ou produtos). São quatros os atributos que representam os desafios para esse setor. Saber avaliar esses pontos possibilita entender de forma mais ampla a indústria dos serviços. 

A intangibilidade: Os serviços não podem ser vistos, sentidos nem experimentados da mesma maneira que um bem tangível. Quem move um processo legal não poderá saber o resultado antes do julgamento, por exemplo.

A heterogeneidade; Os serviços são ações executadas, na maioria das vezes, por seres humanos. Assim, não podemos garantir que dois serviços sejam exatamente idênticos. O melhor advogado pode cometer um engano, o melhor engenheiro pode esquecer um detalhe essencial e o melhor médico pode estar enfrentando um dia ruim.

A geração e o consumo simultâneos: Os serviços normalmente são vendidos antes de serem gerados e consumidos. Um bom exemplo são os cursos de graduação, em que alunos e professores desenvolvem as aulas de forma conjunta e colaborativa.

A perecibilidade: Os serviços não podem ser armazenados ou mesmo devolvidos. Avaliando cada atributo é possível entender, de forma mais ampla, a indústria de serviços. Um mundo em que informação e conhecimento transformados em inteligência geram diferenciação competitiva por meio de serviços.

Mas afinal o que são serviços? São ações e resultados produzidos por uma entidade ou pessoa para outra entidade ou pessoa, na intenção de gerar valor para quem o recebe, evidenciando sua condição de ser produzido e consumido concomitantemente, tornando o prestador de serviço e o consumidor coprodutores dos resultados obtidos, sejam bons ou ruins.

O desafio para o setor de serviços é ainda maior quando é preciso determinar as estratégias para alcançar vantagens competitivas sobre os concorrentes. A forma ideal é elaborar uma composição de “mix de marketing para serviços”.O mix de serviços é composto por recursos, instrumentos e técnicas controláveis que podem ser utilizados para estabelecer estratégias. No marketing de serviços, o mix se compõe de 8 ps

4.1. Estratégias a serem elaboradas 

Produto: está relacionado à identificação e à elaboração das características dos serviços com ênfase nos benefícios e nas vantagens relevantes ao atendimento das necessidades do mercado, agregando valor aos clientes. Ao serviço base deve associar-se o maior número de serviços suplementares, para transformá-lo em um produto alargado. Esses serviços devem ser desenhados de acordo com as necessidades dos consumidores. Preço: engloba a mensuração dos esforços da equipe, assim como o tempo necessário para a execução dos serviços, a complexidade de cada projeto e o perfil de cada cliente. Também é importante avaliar todos os custos e despesas gerados na prestação do serviço. Praça (momento e lugar): são os processos de distribuição (canais). No entanto, para o segmento de serviços, este tópico se traduz como momento e lugar. Envolve a forma de entrega dos serviços, desde prazos até meios de execução. Promoção (comunicação integrada): está relacionada às estratégias de comunicação e divulgação dos serviços, como forma de mostrar ao público-alvo os diferenciais e benefícios dos serviços. Mostrar a credibilidade da empresa e a competência técnica é uma das melhores maneiras de promover um serviço, obtendo vantagem competitiva. Processo: representa todos os fluxos, procedimentos e metodologias de trabalho utilizados na prestação de um serviço. É um meio importante de assegurar a precisão e a assertividade do resultado final. “Palpabilidade” ou evidência física: é a percepção do ambiente onde o serviço é prestado. Relaciona-se a diversos fatores, que vão desde a apresentação pessoal dos funcionários e cartões de visita até a organização das instalações e equipamentos. É a forma como a empresa interage com o cliente e o ambiente onde isso ocorre. Pessoas: são todos os envolvidos direta ou indiretamente na prestação do serviço. A força de trabalho é a matéria-prima. Portanto, a preocupação com as pessoas é fundamental. O treinamento, a capacitação, a motivação e a orientação ao cliente devem ser constantes, pois geram impacto direto na qualidade do serviço prestado. Produtividade e qualidade: são premissas básicas para organizações de quaisquer ramos de atividade. Entretanto, para o segmento de serviços, são fatores primordiais para do sucesso ou fracasso de uma empresa. A produtividade se refere ao alcance das melhores práticas na execução dos serviços para maximizar recursos, reduzir despesas e otimizar o tempo das equipes. A qualidade é a garantia de entrega nas condições acordadas e, de preferência, excedendo às expectativas, para alcançar a satisfação dos clientes.

O objetivo principal passa a ser fortalecer as relações com o público, criando elos mais perenes para fidelizar o cliente à marca. Em empresas de serviços, isso é a alma do negócio. Usar a tecnologia correta para gerenciar as informações é um dos ingredientes essenciais para o marketing de relacionamento.

Um bom começo é a utilização do CRM (Customer Relationship Management – Gerenciamento do Relacionamento com o Cliente, em português), ferramenta que automatiza as funções de contato com o cliente e armazena, de forma inteligente, informações sobre atividades e interações dele com a empresa.

Tendo evidenciada a relação com cliente por meio do CRM, fica mais fácil conhecer suas preferências e oferecer benefícios que façam diferença.

A partir dessas informações, o ideal é estruturar cada “P” separadamente, compondo um pacote para que o cliente faça uma experimentação inesquecível.

Vamos aplicar a título de exemplo na área da empresa que é Contabilidade os clientes buscam um lugar mais confiável para cuidar de seus documentos mas , é possível criar um pacote com os benefícios abaixo e conquistá-lo de uma vez por todas:

Produto: Oferecer consultorias e planejamento de negócios.

Preço: Pagamento pode ser feito com cartão de crédito, 

Praça: horário expandido por exemplo atendimento online em alguns setores.

Promoção: e-mail personalizado avisando que por causa da fidelidade do cliente ele terá certos benefícios no pagamento das mensalidades ou consultorias.

Processo: Atendimento preferencial para alguns clientes fidelizados e preferenciais.

“Palpabilidade” ou evidência física: site atualizado e com informações diárias das mudanças de legislação ou algum aspecto dos serviços oferecidos.

Pessoas: atendimento com mais cortesia. Treinamento dos funcionários

Produtividade e qualidade: Noticias geradas a partir do CFC ou CRC locais mostrando a credibilidade da empresa..

4.2 Criação de processos e Rotinas 

Atualmente, a gestão de rotinas e processos nas empresas passa por momentos cautelosos. Na prática, gerir rotinas e processos internos faz com que controllers a cada dia busquem alternativas para se adequarem a uma nova realidade.

Todavia, para que um processo esteja amarrado de forma sólida, é necessário que a rotina de cada departamento da empresa esteja adequada, ou seja, as rotinas devem estar de acordo com a finalidade do departamento, exemplificando podemos dizer que o departamento de contas à pagar, não pode efetuar recebimentos; o departamento de compras, não pode realizar pedidos de compras; o departamento fiscal não pode dar entrada em mercadoria no estoque e etc. Neste aspecto, cada departamento terá sua rotina independente de outro departamento, não se correlacionando com tarefas más sim apenas com o andamento do processo.

Como se observa, a gestão dos processos internos deve ser gerida de forma a impedir que rotinas deixem de ser seguidas e nas eventuais descontinuidades das rotinas, imediatamente encontrar soluções para que não prejudique o andamento do processo como um todo. Todavia, no gerenciamento de processos, podem ocorrer situações que são alheias à rotina interna.

Contudo, resta concluir que a função de gestão e auditoria das rotinas e processos é uma das funções mais importantes de uma empresa, pois a partir daí se terá uma administração voltada à maximização dos resultados e otimização das rotinas e procedimentos internos, com isso, reduzindo custos e aumentando produtividade.


5. Conclusão

Com base na bibliografia aplicada e afirmações por parte dos administradores pode-se concluir que a Empresa não exerce toda a teoria apresentada , na área de Marketing na prestação de serviços. Vale a pena neste momento citar o que foi dito na conclusão do projeto parcial anterior do 3 semestre A grande dificuldade da empresa está no Marketing, a criação de uma marca competitiva, um nome e slogan que definam os novos serviços prestados e criem não só expectativa, mas gerem confiança. Mas no geral a empresa de médio porte tem se saído no mercado e consegue sobreviver ás reveses de nossa instabilidade no país.

Por isso esse projeto tem a finalidade de apresentar proposta da criação de um plano de marketing em uma ocasião futura, e a definição exata de rotinas que facilitem o serviço interno e gerem resultados.

feito

Use agora o Mettzer em todos
os seus trabalhos acadêmicos

Economize 40% do seu tempo de produção científica