PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR VI

UNIVERSIDADE PAULISTA

PROJETO INTEGRADO MULTIDISCIPLINAR VI

CARLOS ROBERTO GOMES PORTO JUNIOR

Resumo

Durante o duro ano de 2020, o mundo foi assolado pela devastadora pandemia de SARS-CoV-2 (COVID-19), que afetou todo o mercado de turismo, e criou o que já se chama de "novo normal", aonde existem restrições para a garantia da saúde de todos os cidadãos, como o uso obrigatório de máscaras faciais e distanciamento social em filas de espera, assentos intercalados em meios de transporte (como ônibus, aeronaves, trens de viagem, etc). Para se adaptar a esse novo normal, novos tipos de atividades de lazer tiveram de ser criados, ou reinventados para este novo momento. Neste trabalho, verificaremos uma proposta de atividade para lazer de um grupo específico, verificaremos a aplicação da metodologia 5W2H na aplicação do planejamento de roteiros da programação de lazer e também verificaremos a legislação turística federal e do município de São Paulo e será analisado, se tais políticas estão sendo seguidas e respeitadas por parte do poder público municipal.

Palavras-chave: Lazer. Planejamento. Legislação.

Abstract

During the harsh year of 2020, the world was plagued by the devastating SARS-CoV-2 (COVID-19) pandemic, which affected the entire tourism market, and created what is already called the "new normal", where there are restrictions to guarantee the health of all citizens, such as the mandatory use of face masks and social distance in waiting lines, seats interspersed with means of transport (such as buses, aircraft, travel trains, etc.). To adapt to this new normal, new types of leisure activities had to be created, or reinvented for this new moment. In this work, we will verify a proposal of leisure activity for a specific group, we will verify the application of the 5W2H methodology in the application of leisure planning itinerary planning and we will also verify the federal and municipal tourist legislation and it will be analyzed, if such policies are being followed and respected by the municipal government.

Keywords: Leisure. Planning. Legislation.

Introdução

O objetivo deste trabalho acadêmico é, analisar uma atividade de lazer proposta para um público alvo específico, analisar os impactos que essa atividade pode ter no grupo e como ela pode melhorar as relações entre os membros participantes do grupo, de maneira que a mesma venha a ganhar popularidade e notoriedade pela excentricidade do seu tipo de atividade de lazer, além de analisar as razões do porque a mesma foi proposta para este público alvo. Também será analisado o método de planejamento da atividade, que foi desenvolvida através da metodologia 5W2H, com uma olhada sobre os benefícios obtidos em atividades desenvolvidas com a elaboração de um método preestabelecido como o 5W2H. E por fim, serão analisadas as legislações e políticas públicas a nível federal e municipal (para a cidade de São Paulo), onde será discorrido qual é a legislação que estabelece os direitos e deveres do cidadão e do estado sobre a prática do lazer no âmbito federal além de quais são os programas praticados pelo governo federal para a aplicação do lazer; no âmbito municipal, será analisado se as políticas públicas para a prática do lazer são seguidas, respeitadas e aplicadas corretamente pelo poder público da prefeitura e da secretaria específica da cidade de São Paulo.

A metodologia usada neste trabalho foi feita através da leitura em livros didáticos da Universidade Paulista e pesquisas em sites da World Wide Web.

Lazer e recreação

A demanda por práticas e alternativas sadias de lazer tem se tornado uma preocupação crescente em diferentes lugares do mundo. Desde tempos remotos, as sociedades humanas têm se dedicado a organizar e vivenciar ações fora do seu tempo de trabalho, buscando realizações pessoais seja na forma de desejos, de sociabilidade, de prazer, de satisfações e de desenvolvimento individual. A partir dessa busca, o lazer se expressa em diferentes lugares e dinâmicas temporais, bem como pode priorizar 

diferentes áreas de interesse […] (JULIANO, 2020, p. 11).

Com o desenvolvimento historicamente recente da chamada "Pink Economy" (um nicho econômico que tem como público alvo a população LGBTQIAP+) e com a tendência dos jovens da geração Z (nascidos da metade dos anos 90 em diante) em serem descontruídos, progressistas, valorizarem o "eu" e grupos sociais com os quais se identificam, surge a oportunidade de realizar uma atividade de lazer diferenciada para este grupo.

Com isso, surgem as propostas de atividades de lazer, com o público alvo sendo o grupo de jovens adultos, dentre os 18 a 25 anos de idade que sejam homossexuais, estejam solteiros e estejam dispostos à conhecer um novo pretendente enquanto aproveita seu período de estadia na cidade de São Paulo. 

O horário de início das atividades terá início às 14:00 de um sábado. O grupo de jovens rapazes sairia do hotel Meliá Paulista (localizado na Av. Paulista) e todos caminhariam seguindo o guia do grupo até o parque Prefeito Mário Covas (localizado também na Av. Paulista), um local pequeno, pouco visitado na região, que é bem acolhedor e calmo, possui uma ótima infraestrutura, com um posto de atendimento da SPTURIS nas dependências do parque, equipamentos de ginástica ( que também contam com acessibilidade para pessoas com necessidades especiais), banheiros, mesas de piquenique, paraciclo e Wi-Fi gratuito disponível para os visitantes, além de possuir uma fauna local diversificada, com aves do tipo beija-flor-tesoura, periquito-rico, bem-te-vi e demais tipos sendo presentes no parque. 

Ao chegar no parque, o grupo se instalaria em um local onde todos se sentariam no chão formando um círculo. Neste momento, o guia explicaria as 3 atividades que serão desenvolvidas ao longo do dia. Com a primeira delas sendo a "7 minutos no paraíso" que será feita com o uso de vodka e copos de shots, a segunda sendo a brincadeira do "the love baloon" que será realizada com o uso de balões de festa, lápis, canetas e pedaços de papéis A4 e por último, seria realizado o walking tour na região, com a apresentação de fatos curiosos sobre as construções da avenida e uma breve história sobre o bairro onde se localiza a avenida.

Desenvolvimento das Atividades e Benefícios ao Público Alvo

Tendo em vista que a idade do público alvo é de jovens entre 18 a 25 anos, os padrões comportamentais destas gerações tendem a realizar a quebra de padrões seguidos pelas gerações anteriores a destes jovens, o crescente mercado com foco no cliente LGBTQIAP+ e que os membros desse grupo serão turistas jovens e solteiros dispostos a conhecer pessoas novas para que possam ter um relacionamento sério ou apenas algo mais casual, decide-se que, o melhor a se fazer neste caso das atividades de lazer, foi uma versão adaptada da brincadeira adolescente muito vista em filmes e séries estadunidenses chamada "7 minutos no paraíso", aonde jovens rodam uma garrafa de bebida alcóolica, e 2 pessoas (uma pessoa que está na frente do bico da garrafa e a outra que está de frente da base da garrafa) devem ir para um closet (que mesmo pequeno, é muito comum nas casas dos Estados Unidos) e se fecharem lá por 7 minutos, e o que ocorrer no interior do closet (beijos, carícias ou nada), ficará apenas entre os dois envolvidos. 

Na versão adaptada que ocorreria no parque Prefeito Mário Covas, os membros se sentarão no chão em formato de um círculo, colocarão a garrafa de vodka no meio do círculo e rodarão a mesma. As duas pessoas apontadas pela garrafa deverão se levantar, tomar um shot de vodka e ir para outro canto do parque, aonde ficarão por 7 minutos a sós, enquanto a dupla está nos 7 minutos a sós, o guia distrairá o grupo conversando com o mesmo até que a dupla volte dos 7 minutos, e assim será realizada essa primeira atividade até que todos tenham participado.

Já na segunda brincadeira, chamada de "the love baloon" (um trocadilho com a clássica sitcom The Love Boat - O Barco do Amor), os membros do grupo deverão se apresentar para todos falando seu nome e sobrenome, então, receberão um pedaço de papel e canetas para escrever o nome do rapaz que mais lhe agradou e com o qual o participante gostaria de ter uma relação mais profunda. Após todos terem escrito os nomes de seus pretendentes nos papéis, cada participante receberá um balão de festa, então, deverão encher o balão de festa, colocar o papel com o nome do pretendente dentro do balão, enchê-lo mais um pouco, e então, os participantes deverão amarrar o balão e deverão andar dentro do parque com o balão. Neste ponto, o guia selecionará algum membro aleatório do grupo e lhe fornecerá um lápis bem apontado, e o membro escolhido deverá tentar furar os balões dos demais membros, ao conseguir estourar o de outro rapaz, o membro que teve seu balão estourado pelo colega, deverá se juntar ao mesmo na tentativa de estourar os balões dos demais colegas. 

Quando o guia gritar para que todos parem, todos deverão parar, tanto os impostores que foram selecionados para estourar os balões com os lápis quanto aqueles que estariam andando e defendendo seus balões. Todos deverão se aproximar novamente do guia e lhes será explicado aos membros que, o objetivo dessa brincadeira era de que, caso os membros queiram muito algo (no caso, um pretendente), eles teriam de ser resilientes e estarem preparados para agir e defender aquilo que eles querem sem perder o ritmo (sendo que os membros não poderiam ficar parados, e sim rodando pelo parque sem parar).

E por fim, o guia iniciaria um walking tour com o grupo, saindo do parque prefeito Mário Covas e contando fatos sobre o bairro, a avenida e o próprio parque no qual passaram a tarde.

Com tais materiais e atividades, crê-se que, o público alvo poderá perder parte da timidez que atinge muitos jovens desta média de idade ao conhecer pessoas novas (independente da intenção original ao conhecer alguém), além de poderem obter conhecimentos sobre a região com o walking tour oferecido pelo guia, e uma companhia para aproveitar a noite paulistana (o que pode fazer toda a diferença para pessoas desta idade, tendo em vista que, uma das características dessa geração, é a necessidade de estar incluído em um grupo com interesses/gostos em comum).

Planejamento de Roteiros

Ao planejar um roteiro, podemos determinar estratégias mais acertadas em relação sobre quais serão os meios mais adequados para a divulgação do produto, as formas de comercialização e os elementos que devem compor o roteiro em si, tendo em vista a ampla gama de informações disponíveis para a tomada de decisão com a devida antecedência (POZATI, 2020, p. 7).


Com o avanço da humanidade, foi-se percebendo que o planejamento é algo essencial e que pode ser aplicado em diversos âmbitos e segmentos de um negócio, como uma agência de viagens ou na vida pessoal de alguém, auxiliando no desenvolvimento pessoal e  até mesmo profissional da mesma.

Ao longo dos anos, foram desenvolvidas várias metodologias de planejamento, como a PDCA (Plan, Do, Check, Act), a análise SWOT (Strengths, Weaknesses, Oportunities, Threats) e o método 5H2W (5 W's, Where, What, Who, When, Why e 2 H's, How Much e How). Com a aplicação destes métodos no planejamento estratégico de um negócio, de um roteiro turístico ou de apenas uma atividade recreativa com duração variada, é possível obter diversos benefícios como prever quais gastos ocorrerão, como a aplicação do roteiro no local de execução pode impactar os residentes e comerciantes locais (tanto positivamente quanto negativamente), além de passar uma boa imagem ao turista que realizará o roteiro (pois a organização traz uma sensação de segurança ao consumidor, independentemente do tipo de serviço ou produto que o cliente irá experienciar).

Entretanto, para que tudo possa ocorrer de maneira correta, além da aplicação de um bom método de planejamento, é necessário conhecer informações sobre o público alvo, como a idade média do público alvo, tendências de comportamento de pessoas desta idade, além de como cada geração de pessoas interage com o ambiente e com a sociedade.

A Metodologia 5W2H

A programação de atividades de lazer proposta anteriormente foi planejada de acordo com a metodologia 5W2H. O esqueleto de como foi planejada a programação com a aplicação de tal metodologia foi o seguinte:


5W

Where? - Parque Prefeito Mário Covas, localizado na Avenida Paulista.

What? - 7 minutos no paraíso, the love baloon e walking tour.

Who? - Jovens adultos homossexuais solteiros dentre 18 a 25 anos das classes A, B e C.

When? - às 14h da tarde (duas horas da tarde) .

Why? - Para desenvolver interações no grupo, divertir os participantes e servir para que os participantes interajam com que lhes interessa e assim, possam obter novas amizades ou pretendentes para um relacionamento amoroso enquanto adquire conhecimentos sobre a avenida mais famosa da cidade de São Paulo.


2H

How Much? - 54,96 R$ para a realização de todas as atividades propostas (cujo valor total inclui uma garrafa de Vodka Askov, 1 pacote de folhas A4, uma caixa de lápis comum, algumas canetas Bic, copos de shot e 1 pacote de balões de festa)

How? - Para a brincadeira 7 minutos no paraíso (roda em grupo, gira a garrafa de vodka, quem estiver na parte de baixo e na parte da ponta da garrafa toma um shot da bebida e vai pra um canto onde os dois ficam 7 minutos sozinhos e fazem o que quiserem), e assim irá até que todos os participantes tenham realizado a brincadeira. Para a realização da brincadeira the love baloon, os turistas devem falar os seus nomes para o grupo, então, receberão um papel e caneta, onde devem  escrever o nome daquele membro que mais gostou e então, receberão um balão de festa aonde devem colocar o papel dentro, encher o balão um pouco mais e rodar pelo parque; então, o guia selecionará aleatoriamente um membro para ser "o impostor" e lhe dará um lápis bem apontado, que terá de estourar os balões dos demais colegas, e quanto mais membros forem tendo seus balões estourados, mais "impostores" se juntarão à missão de estourar os balões dos demais participantes. Ganha quem conseguir defender o balão até que o guia diga que a atividade chegou ao final. E para a realização do walking tour na Av. Paulista com o grupo após as brincadeiras será realizada uma caminhada com a explicação de fatos curiosos sobre o parque Prefeito Mário Covas e sobre toda a avenida Paulista, assim como alguns fatos históricos sobre o bairro de Pinheiros, de ponta a ponta da extensão da avenida.

Com a aplicação de tal método preestabelecido, é possível reparar que, pode-se obter uma boa organização para a aplicação da programação com o público alvo, além de diversos benefícios, como a melhor visão de variáveis que podem ter um impacto na aplicação da atividade da proposta. Com isso, pode-se perceber possíveis obstáculos, como os concorrentes que podem oferecer o mesmo roteiro e/ou experiência aos clientes, tendências de um possível congelamento econômico da região onde o roteiro ocorreria (como no caso da pandemia mundial de SARS-CoV-2) e assim, faz com que o aplicador da programação possa pensar em uma alternativa para a aplicação do roteiro, como por exemplo, caso o parque (proposto originalmente) venha a fechar por motivos de força maior, para que não haja o cancelamento da programação causando transtornos maiores a todos os envolvidos, pode ser realizado o roteiro em um local alternativo, como um parque estadual, um sítio ou até mesmo um shopping. E caso houvesse um decreto de lockdown municipal na cidade aonde o roteiro seria executado, o aplicador da programação pode pensar em outra cidade para aplicação do mesmo, como as cidades das regiões metropolitanas da capital paulista, ou até mesmo, realizando o roteiro em uma cidade do interior, mudando algumas ações e obtendo informações sobre novos lugares em que seriam executadas, como o walking tour que (na situação descrita acima, em caso de um lockdown municipal) não seria executado na avenida Paulista em São Paulo, mas sim em uma cidade como Barueri, ou até mesmo em Campinas, que possui tanta importância quanto a capital paulista, levando o grupo para caminhar no centro desses locais alternativos e passando por avenidas principais dessas cidades. Com a aplicação de metodologias preexistentes sendo aplicadas em atividades de lazer, pode-se notar também tendências sociais, como hábitos de consumo do público alvo (que no caso, são jovens homossexuais solteiros com boas condições financeiras e que geralmente não possuem tantas responsabilidades como uma família para sustentar, filhos, casa própria, gastos com impostos, etc.), valores da sociedade local (que no caso de São Paulo, Capital, é um local muito aberto à diversidade e progressista em relação a questões como relações homossexuais em público, tal que, em 2017, São Paulo chegou a ser eleita a cidade mais gay-friendly da América Latina, se tornando assim, um local excelente para a aplicação das atividades propostas para o público alvo do roteiro), etc.

Uma dessas tendências mais notadas nos últimos anos tem sido a de que o turista tem se tornado cada vez mais exigente e tem procurado algo mais exclusivo, diferente, que ele não encontraria num local de turismo, além de o turista moderno gostar de ser o protagonista do momento, interagir com pessoas novas e a sociedade local, e também de obter conhecimentos novos que poderá levar para a vida toda.

Legislação Turística, Ética e Políticas Públicas

A legislação de turismo no Brasil tem início na década de 1930, quando o Estado brasileiro percebeu que essa atividade era importante para a economia nacional e regulamentou a venda de passagens aéreas, marítimas e ferroviárias. Na década de 1940, nova lei tratou da regulamentação das empresas e agências de turismo para exigir registro prévio dessa atividade perante os órgãos de estado e garantir regular funcionamento. A regulação se referiu também às viagens coletivas no modelo excursão, que também deveriam ser previamente autorizadas pelo governo (CARLINI, 2020, p. 92).


De acordo com o artigo 6° da Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, são direitos sociais dos cidadão brasileiros a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o transporte, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados. Também na Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, no artigo 217 é descrito que é dever do estado fomentar práticas desportivas formais e não-formais, como direito de cada um, no parágrafo 3 do mesmo artigo, é dito que o poder público deverá incentivar o lazer, como forma de promoção social; com isso, conclui-se que, a nível federal, o direito ao lazer, representa uma necessidade para satisfação e garantia de qualidade de vida dos cidadãos brasileiros, além de estar na própria constituição da república.

No âmbito federal, o extinto Ministério do Esporte havia criado algumas iniciativas para a promoção do esporte e lazer. Dentre as iniciativas criadas pelo antigo ministério (que atualmente é a Secretaria Especial do Esporte), estão o Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC), o Segundo Tempo e os Jogos dos Povos Indígenas.

No Programa Esporte e Lazer da Cidade (PELC), há o desenvolvimento de atividades físicas, culturais e de lazer que além de serem inclusivas para pessoas com necessidades especiais, incluem todas as faixas etárias. Com a atuação dos coordenadores do projeto e agentes sociais, são implantados centros de esporte recreativo e lazer em diversos locais, como regiões urbanas, rurais, quilombolas, ribeirinhas e povos indígenas. Os locais que se tornam centros de esporte variam, desde praças públicas, salões paroquiais até clubes sociais.

No programa Segundo Tempo, jovens de áreas com vulnerabilidade social podem participar de atividades de diversos tipos de esporte com o objetivo de contribuir para a formação destes jovens na questão de qualidade de vida e cidadania; o programa acolhe diversas faixas etárias, como crianças e adolescentes dos 6 aos 17 anos, pessoas com necessidades especiais a partir dos 6 anos de idade e universitários.

E por fim, no programa Jogos Indígenas, cuja primeira edição ocorreu em 1996, e é organizado pelo Comitê Intertribal Indígena, há a intenção de promover uma boa interação e inclusão entre as diferentes tribos indígenas brasileiras e proporcionar o resgate e a celebração de suas culturas.


Contudo, entende-se que, no âmbito federal, o governo, apesar de oferecer alguns programas de assistência social e incentivo à pratica de esportes e atividades de lazer, não possui uma oferta tão grande de programas quanto o que seria correto, ou como outros países membros da Organização das Nações Unidas (ONU) (da qual o Brasil também é membro) possuem. Nos Estados Unidos da América, por permitir maior liberdade e autonomia em sua legislação federal, existem organizações como a National Collegiate Athletic Association (NCAA) que possuem programas de obtenção de bolsas de estudo em diversas faculdades de todo o país através de um bom desempenho nos esportes e uma média de notas mínimas durante a vida escolar do candidato (os requisitos podem variar dependendo da faculdade solicitada pelo candidato). 

Além de abrir oportunidades para jovens de todas as classes sociais, os programas de bolsas de estudos para esportistas e atletas amadores dos EUA também democratizam o acesso à muitas outras atividades que vão além do lazer e esportes, como o acesso a uma boa faculdade e melhores oportunidades no futuro do jovem.



Políticas Públicas do Município de São Paulo

No âmbito municipal, a cidade de São Paulo possui diversas políticas públicas, iniciativas e eventos voltados para o lazer, criados por parte da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo (SEME). Dos diversos eventos promovidos pela SEME, estão, a virada esportiva que anualmente, em um final de semana inteiro de setembro, promove de forma ininterrupta (começando no sábado de manhã e terminando apenas no final da tarde de domingo), diversas atividades de lazer, esporte e recreação, tais atividades ocorrem em diversos pontos das 31 subprefeituras da cidade de São Paulo, como centros esportivos municipais, parques, CEUs e cartões postais da cidade de São Paulo.

De todos os eventos que ocorrem na virada esportiva, mais de 95% dos mesmos eram participativos e abertos à participação do público que pode tomar parte nas atividades propostas na cidade durante a virada. De acordo com uma pesquisa do Ibope feita em junho de 2012, 99% dos cidadãos paulistanos que participaram  ativamente da virada esportiva aprovaram.

Das iniciativas promovidas pela SEME, também há os jogos da cidade, que se iniciaram em 2003 e são a maior competição esportiva amadora do Brasil, cujo objetivo é que cidadãos paulistanos de todas as regiões da cidade participem em diversas modalidades de esportes (como basquete, futebol, futsal, handebol e vôlei para competidores do sexo masculino, e futsal, handebol e vôlei para competidoras do sexo feminino). Em 2019, a competição recebeu mais de 29 mil atletas inscritos em 1.376 equipes das oito modalidades esportivas que estavam disponíveis. Apenas na modalidade de futebol de campo, foram 803 times e 20.075 jogadores inscritos das 31 subprefeituras da cidade. As maneiras das quais ocorrerão os jogos são planejadas conforme a necessidade de cada modalidade. Futebol de campo e futsal masculino são as modalidades esportivas mais requisitadas pelos participantes. Por isso, para essas modalidades esportivas, existe ainda a fase pré-regional, que ocorre quando uma subprefeitura possui mais que 12 equipes inscritas para participar dos jogos, sendo que o limite máximo é de 24 equipes por subprefeitura . Estima-se que desde a primeira edição dos jogos da cidade, mais de 30 mil atletas em média e 1.700 equipes já tenham participado dos jogos. 

E também há os 46 centros esportivos (CE) municipais que são locais que oferecem atividades de lazer, recreação e saúde para os cidadãos paulistanos de todas as regiões. A estrutura dos centros esportivos possuem campos de futebol, ginásios esportivos, quadras poliesportivas abertas, piscinas de tamanhos diversificados, quadras de tênis, basquete, canchas de bocha, playgrounds, brinquedotecas, salas de ginástica, salão de jogos, salas próprias para prática de diversos esportes, telecentros e academias. Todas as aulas oferecidas pelos centros esportivos são gratuitas, e para que o cidadão possa participar das atividades desenvolvidas nos locais, é só levar o RG, um comprovante de residência e duas fotos 3x4. A inscrição é gratuita e aberta a todos.

Tendo em vista que a República Federativa do Brasil é um país membro da Organização das Nações Unidas (ONU), cujo a mesma promove que entre seus países membros haja o direito às atividades físicas (como esporte, atividades recreativas, etc.) que devem ser fornecidos por todos os seus países membros e que São Paulo (tanto a cidade quanto o estado) estão localizados dentro da República Federativa do Brasil, a cidade possua uma ótima infraestrutura para seus cidadãos, além de seguir e respeitar o recomendado pela ONU e pela Constituição da República Federativa do Brasil de 1988, respeitando tanto o artigo 6 quanto o parágrafo 3 do artigo 217, onde é afirmado respectivamente que, todo cidadão possui o direito de ter acesso ao lazer e que promover ações sociais de lazer é de responsabilidade do poder público, ao sempre promover atividades gratuitas para os cidadãos locais, como o projeto melhor idade, jogos da cidade, virada esportiva, manter parques municipais em bom estado de conservação e com boa infraestrutura, manter centros esportivos com excelente infraestrutura de acesso livre e grátis a toda a população, promover ideias como a virada cultural e a esportiva anualmente, aulas de esgrima gratuitas, etc.



Conclusão

Durante a realização deste trabalho acadêmico, pode-se notar que, quando se possui um conhecimento prévio de um determinado público alvo, realizam-se pesquisas sobre esse público alvo, tendências desse grupo de pessoas, e afins, o planejamento de uma programação de atividades de lazer com duração de 1 dia inteiro ou apenas metade de um dia torna-se fácil de se realizar, entretanto, não é necessário ter o conhecimento apenas sobre o público alvo que executará as atividades propostas pelo aplicador das mesmas. É necessário que haja um bom e sólido planejamento das intenções e ideias, para que tudo ocorra nos conformes e dentro do planejado/esperado. 

Percebe-se também a importância da aplicação de uma metodologia preexistente sólida dentre diversas existentes no mundo. Para o desenvolvimento das atividades de lazer propostas para este trabalho acadêmico, foi utilizado o método 5W2H, onde, com a aplicação deste método, foi possível organizar todas as etapas essenciais para a viabilidade da programação, além de também auxiliar no entendimento de um passo a passo sobre como seriam executadas as brincadeiras propostas para o grupo e quanto financeiramente todos os materiais necessários para a aplicação poderiam custar, ajudando assim a organizar financeiramente a estrutura de negócio, tornando possível a projeção de quanto poderia ser cobrado dos clientes que fazem parte do público alvo sem que haja perda financeira para o aplicador da programação.

E além disso, foi possível analisar também, as políticas públicas que existem tanto no âmbito da federação brasileira quanto no âmbito municipal da cidade de São Paulo. No âmbito federal, por ser um país membro da ONU (Organização das Nações Unidas), o Brasil, assim como os demais países membros, devem seguir as políticas internacionais de desenvolvimento humano e social, aonde devem oferecer o lazer e o incentivo à atividades esportivas às suas populações locais. Além deste fato, também é garantido por direito constitucional o direito à prática do lazer aos seus cidadãos, assim como também é obrigatório que o estado seja protagonista no lazer à população e promova atividades do tipo. 

Federalmente, não há muita promoção das atividades de lazer, tendo em vista que os atuais programas de lazer e incentivo ao esporte do governo federal são pouco divulgados e reforçados, além de haverem poucos programas disponíveis para aplicação. Porém, por outro lado, a nível municipal, a cidade de São Paulo apresenta diversas políticas públicas de lazer e atividades recreativas, com os exemplos mais famosos sendo as viradas cultural e esportiva. onde toda a cidade recebe apresentações artísticas, shows de grandes e novos artistas, realiza atividades recreativas e esportivas em todas as 31 subprefeituras da cidade e é aberta para a participação de todos os cidadãos paulistanos, além das diversas iniciativas serem muito bem vistas pela população da cidade, que possui uma boa qualidade de vida (apesar de ser uma grande metrópole). Tais diferenças podem ser explicadas possivelmente pelo alto PIB da cidade, que, de acordo com o IBGE representa o equivalente a 77,3% (ou a soma de 4.305 municípios brasileiros) dos municípios brasileiros, sendo assim, há uma boa quantia no orçamento da área de lazer para ser utilizado pela Secretaria Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo.

Já federalmente falando, o excesso de gastos com publicidade, o rompimento do teto de gastos aprovado ainda em 2016, a criação de um novo programa de renda popular (chamado de Renda Brasil) e além dos possíveis desvios de dinheiro que ocorreram (tendo em vista que devido à pandemia de SARS-CoV-2, prefeituras e governos estaduais foram autorizados a assinar contratos sem que fosse obrigatório uma licitação para diversos serviços) faz com que não hajam tantos investimentos no âmbito federal nos programas de lazer e atividades recreativas como deveria ocorrer.

Com os 3 assuntos abordados no decorrer deste trabalho acadêmico, conclui-se que, planejar uma atividade recreativa, de lazer para um público alvo não é uma tarefa árdua, contanto que seja feita com embasamento em uma metodologia de planejamento estratégico preexistente e confiável (como o 5W2H). Também conclui-se que, com o devido planejamento, é possível realizar todo tipo de atividade, desde algo simples como uma atividade de lazer com meio dia de duração até determinar o modus operandi de uma grande corporação, e que, com a sua aplicação correta, só trará benefícios a quem for utilizá-lo. 

E por fim, conclui-se que, com a devida organização, planejamento e boa administração dos recursos obtidos através de receitas, impostos federais e etc, o governo federal poderia obter uma excelente política pública, aonde hajam diversos programas de incentivo ao lazer, assim como uma ótima estrutura de qualidade disponível para a população local (como no caso da boa administração e correta aplicação das verbas para lazer da cidade de São Paulo, que traz benefícios para todos, tanto governantes que acabam realizando um bom trabalho quanto a população, que é a maior beneficiada). Entretanto, caso essa não seja posta como prioridade do governo federal, poderão ser esquecidos, ou até mesmo extintos os poucos programas nacionais de incentivo ao lazer que existem atualmente, isso, claro, devido à diversos motivos, como gastos excessivos com publicidade, rombo do teto de gastos, um novo programa de renda popular que seria criado com fins unicamente políticos, desvio de verbas federais e até mesmo corrupção.

Referências

BosaGabriel. Economia brasileira só vai sobreviver se o teto de gastos for mantido, diz economista-chefe do Bradesco: Para Fernando Honorato, responsabilidade fiscal é mais importante para a recuperação do Brasil no pós-crise do que as reformas tributária e administrativa. Jovem Pan. São Paulo, 08 de nov. de 2020. Disponível em: <https://jovempan.com.br/noticias/economia-brasileira-so-vai-sobreviver-se-o-teto-de-gastos-for-mantido-diz-economista-chefe-do-bradesco.html>. Acesso em: 9 nov. 2020.

Brasil Econômico. BOLSONARO quer triplicar verba de publicidade oficial e gastar R$ 495 mi em 2021: Recriação do Ministério das Comunicações foi aceno ao Centrão e TCU não vê critérios técnicos na distribuição de verbas a TVs abertas. Ig. São Paulo, 02 de set. de 2020. Disponível em: <https://economia.ig.com.br/2020-09-02/bolsonaro-quer-triplicar-verba-de-publicidade-oficial-e-gastar-r-495-mi-em-2021.html>. Acesso em: 9 nov. 2020.

Brasil. Constituição. CONSTITUIÇÃO DA REPÚBLICA FEDERATIVA DO BRASIL DE 1988. Brasília, DF: Senado Federal: Saraiva, 1988. Disponível em: <http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/constituicao/constituicao.htm>. Acesso em: 8 nov. 2020.

CARLINIAngélica L.. LEGISLAÇÃO DE TURISMO. In: CARLINIAngélica L.. Legislação Turística, Ética e Políticas Públicas . 1. ed. São Paulo: Sol, v. 1, 2020. 160 p. cap. 5, p. 92-97. (Didática). Disponível em: <https://ava.ead.unip.br/bbcswebdav/pid-1636823-dt-content-rid-5742689_1/institution/Conteudos_AVA/DISCIPLINAS_GERAIS/7257-30%20-%20Legisla%C3%A7%C3%A3o%20Tur%C3%ADstica%2C%20%C3%89tica%20e%20Pol%C3%ADticas%20P%C3%BAblicas/Livro-Texto%20%E2%80%93%20Unidade%20II.pdf>. Acesso em: 8 nov. 2020.

DIASSurenã. Está com dúvida? Saiba o significado da sigla LGBTQIAP+. Observatório G. São Paulo, 25 de set. de 2019. Disponível em: <https://observatoriog.bol.uol.com.br/noticias/esta-com-duvida-saiba-o-significado-da-sigla-lgbtqiap>. Acesso em: 8 nov. 2020.

GoulartJosette; IrajáVictor. Renda Brasil: A interminável discussão em torno de como pagar o programa: Empresários sugerem usar dinheiro de reforma e privatização, enquanto outras formas de tornar palpável ideia de Bolsonaro quase custaram cabeças. Veja. São Paulo, 15 de out. de 2020. Disponível em: <https://veja.abril.com.br/economia/renda-brasil-a-interminavel-discussao-em-torno-de-como-pagar-o-programa/>. Acesso em: 9 nov. 2020.

Jornal Extra. FRAUDE em licitações da pandemia: esquema usava ‘empresas fantoches’. Yahoo Notícias. Rio de Janeiro, 21 de out. de 2020. Disponível em: <https://br.noticias.yahoo.com/fraude-em-licita%C3%A7%C3%B5es-da-pandemia-073000356.html>. Acesso em: 9 nov. 2020.

Jornal Polo Paulistano. JOGOS da Cidade: Prefeitura abre inscrições para equipes interessadas em participar da competição. Jornal Polo Paulistano. São Paulo, 19 de fev. de 2020. Disponível em: <https://jornalpolopaulistano.com.br/jogos-da-cidade-prefeitura-abre-inscricoes-para-equipes-interessadas-em-participar-da-competicao/>. Acesso em: 9 nov. 2020.

JULIANOTiago. O CAMPO DE ESTUDOS DO LAZER: O Tempo Livre Na História. In: JULIANOTiago. Lazer E Recreação. 1. ed. São Paulo: Sol, v. 1, 2020. 168 p. cap. 1, p. 11-50. (Didática). Disponível em: <https://ava.ead.unip.br/bbcswebdav/pid-1596640-dt-content-rid-5610610_1/institution/Conteudos_AVA/DISCIPLINAS_GERAIS/7260-60%20-%20Lazer%20e%20Recrea%C3%A7%C3%A3o/Livro-Texto%20-%20Unidade%20I.pdf>. Acesso em: 8 nov. 2020.

Leis Municipais. DECRETO Nº 58.277, DE 18 DE JUNHO DE 2018: Aprova e institui o Plano Municipal de Esportes e Lazer 2018-2025.. Leis Municipais. São Paulo, 18 de jun. de 2018. Disponível em: <https://leismunicipais.com.br/a/sp/s/sao-paulo/decreto/2018/5827/58277/decreto-n-58277-2018-aprova-e-institui-o-plano-municipal-de-esportes-e-lazer-20182025#>. Acesso em: 8 nov. 2020.

MARSIAJJuan P. Pereira. Gays ricos e bichas pobres: desenvolvimento, desigualdade socioeconômica e homossexualidade no Brasil. Toronto, v. 10, 2003. 145 p. Dissertação (Ciência Política) - University Of Toronto, Toronto, 2003. Disponível em: <https://www.gestaoesociedade.org/gestaoesociedade/article/download/1643/1025/>. Acesso em: 8 nov. 2020.

MEIRJacques. As 6 características fundamentais da Geração Z: Pesquisa da Box 1824 com a McKinsey mostra porque a geração Z vai desconstruir a forma que consumimos e funcionar como a disrupção dos Millennials. Consumidor Moderno. São Paulo, 22 de set de 2017. Disponível em: <https://www.consumidormoderno.com.br/2017/09/22/caracteristicas-fundamentais-geracao-z/>. Acesso em: 8 nov. 2020.

Ministério da Cidadania. APRESENTAÇÃO. Secretaria Especial do Esporte. Brasília, 16 de jul. de 2015. Disponível em: <http://arquivo.esporte.gov.br/index.php/institucional/esporte-educacao-lazer-e-inclusao-social/jogos-indigenas>. Acesso em: 9 nov. 2020.

Ministério da Cidadania. ESPORTE e Lazer da Cidade. Secretaria Especial do Esporte. Brasília, 15 de ago. de 2019. Disponível em: <http://arquivo.esporte.gov.br/index.php/institucional/esporte-educacao-lazer-e-inclusao-social/esporte-e-lazer-da-cidade>. Acesso em: 9 nov. 2020.

Ministério da Cidadania. SEGUNDO Tempo. Secretaria Especial do Esporte. Brasília, 15 de ago. de 2019. Disponível em: <http://arquivo.esporte.gov.br/index.php/institucional/esporte-educacao-lazer-e-inclusao-social/segundo-tempo>. Acesso em: 9 nov. 2020.

National Collegiate Athletic Association. ACADEMICS: To truly benefit from college, student-athletes have to succeed in more places than on the field. The NCAA provides opportunities to learn, compete and grow.. NCAA. Indianápolis, c2020. Disponível em: <http://www.ncaa.org/about/what-we-do/academics>. Acesso em: 9 nov. 2020.

Paula de SouzaDiana. PIB da cidade de São Paulo equivale à soma de 4.305 municípios brasileiros: PIB da capital paulista equivale ao de 77,3% dos municípios brasileiros. Agência IBGE Notícias. Rio de Janeiro, 13 de dez. de 2019. Disponível em: <https://agenciadenoticias.ibge.gov.br/agencia-noticias/2012-agencia-de-noticias/noticias/26397-pib-da-cidade-de-sao-paulo-equivale-a-soma-de-4-305-municipios-brasileiros>. Acesso em: 9 nov. 2020.

POZATIFábio. APRESENTAÇÃO. In: POZATIFábio. Planejamento de Roteiros . 1. ed. São Paulo: Sol, v. 1, 2020. 168 p, p. 7. (Didática). Disponível em: <https://ava.ead.unip.br/bbcswebdav/pid-1608962-dt-content-rid-5655801_1/institution/Conteudos_AVA/DISCIPLINAS_GERAIS/7261-60%20Planejamento%20de%20Roteiros/Livro-Texto%20-%20Unidade%20I.pdf>. Acesso em: 8 nov. 2020.

Prefeitura da Cidade de São Paulo. PREFEITO Mário Covas: Centro-Oeste. Cidade de São Paulo. São Paulo, 27 de out. de 2020. Disponível em: <https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/meio_ambiente/parques/regiao_centrooeste/index.php?p=16759>. Acesso em: 8 nov. 2020.

Prefeitura da Cidade de São Paulo. SECRETARIA Municipal de Esportes e Lazer de São Paulo: O papel da Secretaria Municipal de Esportes e Lazer na Prefeitura de São Paulo. Cidade de São Paulo. São Paulo, 14 de mar. de 2019. Disponível em: <https://www.prefeitura.sp.gov.br/cidade/secretarias/esportes/quem_e_quem/index.php?p=5938>. Acesso em: 8 nov. 2020.

Prefeitura da Cidade de São Paulo. VIRADA Esportiva. Cidade de São Paulo. São Paulo, c2013. Disponível em: <http://www.capital.sp.gov.br/turista/atracoes/eventos/virada-cultural>. Acesso em: 8 nov. 2020.

QUERINORangel. São Paulo é eleita a cidade mais gay-friendly da América Latina. Observatório G. São Paulo, 06 de out. de 2017. Disponível em: <https://observatoriog.bol.uol.com.br/noticias/sao-paulo-e-eleita-a-cidade-mais-gay-friendly-da-america-latina>. Acesso em: 9 nov. 2020.

WikiHow. COMO Brincar de 7 Minutos no Céu. WikiHow. Palo Alto, c2020. Disponível em: <https://pt.wikihow.com/Brincar-de-7-Minutos-no-C%C3%A9u>. Acesso em: 8 nov. 2020.

WikiHow. COMO o wikiHow surgiu?. WikiHow. Palo Alto, c2020. Disponível em: <https://pt.wikihow.com/wikiHow:Sobre-o-wikiHow>. Acesso em: 8 nov. 2020.

feito

Use agora o Mettzer em todos
os seus trabalhos acadêmicos

Economize 40% do seu tempo de produção científica