PLANO DE MÍDIA - SHOPPING CIDADE SÃO PAULO

UNIVERSIDADE ANHEMBI MORUMBI

PLANO DE MÍDIA - SHOPPING CIDADE SÃO PAULO

Daniel junqueira bastos dos santos 21020771

filipe vasconcelos de oliveira 20983469

gabriel feitosa de souza 20904746

gerson alexandre graciano junior 20705937

isadora rosa de pádua 21009503

matheus henrique de oliveira 20999402

Professor: Sérgio Bairrada das Neves

ConsumidoR

INTRODUÇÃO

Este trabalho tem como objetivo analisar todas as questões pertinentes as mídias escolhidas para atuar na campanha do Shopping Cidade São Paulo. Serão explicados todos os veículos escolhidos para veiculação das campanhas, sua eficácia para captar o público-alvo desejado, a abrangência geográfica que a agência propôs para a veiculação das ações promocionais. Também será apresentado um cronograma que explica em detalhes as datas escolhidas para cada campanha realizada.

PERFIL DEMOGRÁFICO

Sexo:


Após levantamento de dados em pesquisa realizada pela agência, foi detectado que o público do shopping é predominantemente de mulheres numa faixa etária média entre 27 e 37 anos de idade. Assim como todos os shoppings, o Cidade São Paulo disponibiliza uma grande variedade de lojas de moda, maquiagem e saúde, e após levantamento de pesquisas e análise dos dados obtidos, nota-se que público é por sua maioria feminino. Existe também o público secundário que foi captado pela agência, que são homens e mulheres pertencentes ao mesmo grupo social do público primário, portanto, são influenciadores e decisores de compra importantes para o público focal do Cidade São Paulo.


Público primário: 


Em sua maioria são mulheres, com 68,6% das respostas obtidas, pertencentes as classes A e B, com idade entre 27 e 37 anos de idade. Possuem uma vida mais estável profissionalmente e financeiramente falando. Se preocupam com assuntos relacionados economia, investimentos, bem-estar físico e mental e em formar uma família.


Secundário: 


Homens e mulheres de 45 a 60 anos, com cerca de 30,7% das respostas obtidas, das classes A e B. São pessoas que já atingiram a liberdade financeira e possuem uma vida estável, residem próximos ao shopping e frequentam buscam no shopping uma opção de lazer. Estão inseridas no meio social do público alvo e se tornam importantes decisores nas decisões de compra deles.


Posição geográfica:


O público concentra-se em sua maioria na região da Zona Oeste, mais especificamente na Consolação e região do MASP.


Estado Civil:


Em pesquisa realizada com o consumidor, nota-se que o público frequentador do shopping tem como maioria as pessoas solteiras, com 63,9%, e que não possuem quaisquer relações mais próximas com outras. Em segundo lugar na pesquisa, encontram-se as pessoas que estão casadas, com cerca de 26,4% e que vão ao shopping para ter um momento de lazer com seu parceiro ou parceira.


Localização no estado de São Paulo:


Após pesquisa realizada em parceria com o IBOPE, o Cidade São Paulo obteve os seguintes dados sobre a localização geográfica de seus frequentadores;


73% do público frequentador moram na cidade de São Paulo;


4% moram na grande São Paulo (2% Osasco e 2% São Bernardo do Campo);


Outros 23% residem em regiões interioranas do estado.


Abrangência geográfica - Frequentadores Shopping Cidade São Paulo
Abrangência geográfica - Frequentadores Shopping Cidade São PauloIBGE - Shopping Cidade São Paulo

PERFIL PSICOGRÁFICO

Tratando-se do público feminino, pode-se dizer que desde a geração Y (dos anos 80 até a metade dos anos 90) possuem hábitos e um estilo de vida presentes nas gerações atuais.


Após levantamento de dados do IBGE, podemos dizer que o público feminino do Brasil e o do Shopping Cidade São Paulo se assemelham em algumas características, são elas:


Visam a construção de uma família ou já iniciaram este ponto;


Se interessam por assuntos relacionados ao bem-estar físico e espiritual;


Priorizam seu crescimento profissional;


Buscam ser independentes financeiramente;


Possuem interesse por gastronomia e assuntos ligados á alimentação.


Pesquisa PWC em parceria com o Instituto Optimum Research:


A pesquisa feita pelas duas companhias aborda o público feminino entre 1980 e 1995, que são denominadas de "geração Y", essas mulheres têm trazido diversas demandas ao mercado empresarial atual. Estão cada vez mais antenadas e conectadas ao mundo tecnológico, promovem grandes expectativas para suas carreiras e incentivam o mercado a crescer cada vez mais. O percentual desse mercado é muito grande comparado com o convencional, esse setor detém 50% de profissionais mulheres, e cerca de 80% das profissionais atuais são da geração milênio, para melhor entendimento e análise dos dados, a PWC desenvolveu uma pesquisa com a Instituição Optimum Research chamada "The female Milennial" - "A new era of talent". Para poder entender, filtrar e engajar todos esses talentos, a PWC contrata 20 mil mulheres desse perfil anualmente. O impacto que a pesquisa causou foi enorme, 86% do público era feminino, com idade entre 20 e 35 anos, o Brasil foi o terceiro país com maior número de respondentes, todas as respostas obtiveram similaridade com o perfil global. 71% das respondentes acreditam que mesmo o mercado se tornando mais flexível e cheio de oportunidades, ele não é igual para todos os perfis. Foram abordados diversos pontos que são considerados importantíssimos para as mulheres em sua carreira, como objetivos a serem alcançados, ambições, confiança e todas elas possuem um nível de escolaridade bem alto. Essa geração tem a confiança como algo em comum, o que demonstra pulso forte e grande empoderamento, as mulheres do milênio no Brasil, com 76%, Índia, também com 76% e Portugal com 68% possuem a confiança mais elevada em relação a carreira. Oportunidades da carreira também foi assunto citado na pesquisa e cerca de 53% das mulheres veem este ponto como atrativo em uma empresa que gostariam de trabalhar, apontando que a falta de oportunidades e ensinamento provoca a decisão de deixar seu emprego, não para cuidar de sua família e sim para buscar melhores oportunidades. Também foi desenvolvida uma tabela para demonstrar os diferentes estágios da carreira de uma mulher da geração milênio, ela revela as diferenças existentes conforme as experiências de vida e profissionais vão acontecendo.


Tabela de desenvolvimento - geração milênio
Tabela de desenvolvimento - geração milêniohttps://hbrbr.uol.com.br/o-que-e-preciso-saber-sobre-as-mulheres-da-geracao-milenio/


A imagem acima demonstra as três etapas percorridas pelas mulheres da geração Y, na primeira etapa da vida elas buscam adquirir conhecimento e respeito no mercado profissional, como não possuem anos de experiência, tendem a ser mais curiosas na busca de informações e costumam equilibrar sua vida profissional com a vida pessoal. Na fase de desenvolvimento da carreira elas buscam se desenvolver ainda mais no mercado de trabalho e se especializar em algum setor que se sentem confortáveis. Possuem de 4 a 8 anos de experiência comprovada, portanto, já estão acostumadas com seu ambiente corporativo. Após ter passado duas fases de conhecimento, as mulheres da geração Y já possuem uma carreira estável e focaram em sua especialização no trabalho. Nesse momento elas buscam o desenvolvimento pessoal para se tornarem líderes e adquirir o estilo de liderança no qual mais se adequam. No fim, a pesquisa revelou que a diferença entre as mulheres e homens do milênio não possuem grandes diferenças, ambos os sexos, com 97%, querem ter uma vida estável no aspecto profissional e pessoal.

PERFIL MIDIOGRÁFICO 

Falando do público alvo primário, pode ser dito que os principais assuntos consumidos na internet estão relacionados a forma de se vestir e as principais marcas do mercado de moda. Assuntos como bem estar físico e mental também são muito pesquisados de acordo com o IBGE. Em pesquisa realizada com o site Educa, o IBGE levantou os principais indicadores sociais das mulheres no país e os dados sobre tomada de decisões em sua vida. No ano de 2016, menos de 30% dos cargos gerenciais no mercado são ocupados por homens, as mulheres representam cerca de 37,6% dos cargos de alto escalão. No ano seguinte foram analisados os cargos existentes na política brasileira. Cerca de 10,5% dos assentos de deputados na câmara são ocupados por mulheres, demonstrando o crescimento e a força do gênero em todas as esferas da sociedade.


Dados profissionais - público feminino
Dados profissionais - público femininoIBGE


 Todos esses dados foram analisados por conta dos hábitos de consumo sobre meios de comunicação do público do Cidade São Paulo, de acordo com a pesquisa do IBGE, a faixa etária do público de 27 a 37 anos se interessa por assuntos como planejamento de carreira e a busca da independência financeira.


Opiniões sobre compra online:


Em pesquisa realizada com o IBOPE em 2018, o Shopping Cidade São Paulo levantou dados importantes sobre o consumo de canais online.


Opinião sobre compras online
Opinião sobre compras onlineIBGE - Shopping Cidade São Paulo


Nos dados disponíveis acima está claro que o setor de compras online caiu nas graças do consumidor, com 70% das respostas positivas para o público que gosta do conceito e gostaria de viver a experiência da compra digital. Com um número ainda bem relevante, cerca de 29% do público não gosta por conta de ter vivido uma experiência não tão agradável.


Conhecimento do On Stores:


Conhecimento do On Stores
Conhecimento do On StoresIBGE - Shopping Cidade São Paulo


No gráfico acima foi analisado o nível de conhecimento do público em relação a loja On Stores do Shopping Cidade São Paulo. Entre homens e mulheres, o gênero com maior representatividade na pesquisa foram os homens com cerca de 21% dos entrevistados contra 14% do público feminino. 21% desse público pertencem a classe A e conhecem a loja online do Shopping Cidade São Paulo e possuem uma idade entre 35 e 44 anos.


Gráfico - Hábitos de consumo em mídia
Gráfico - Hábitos de consumo em mídiaGoogle forms - Agência Cachola


Com base nos gráficos da pesquisa fase 2, os consumidores do Shopping Cidade São Paulo costumam utilizar as redes sociais no horário noturno, o gráfico aponta que 66,7% dos consumidores. Esses dados demonstram bastantes a rotina social do público, que trabalha praticamente o dia todo e possuem apenas o horário noturno para se inteirar das novidades. Com praticamente metade dos pontos percentuais, existem as pessoas que utilizam as redes sociais no horário da manhã, por irem de metrô ou ônibus. E com apenas 16,7% estão as pessoas que usam as mídias sociais na parte da tarde.


Gráfico - Consumo dois meios de comunicação
Gráfico - Consumo dois meios de comunicaçãoGoogle Forms - Agência Cachola


Na pergunta "quais meios de comunicação você mais consome", ficou claro que a rede social mais utilizada pelo público é o Instagram, com 75% das respostas registradas, por conta de seu alto poder em oferecer diferentes assuntos em uma plataforma só. Após o Instagram, temos o WhatsApp com 66,7%, que possui um alto poder de propagação das mensagens e informações repassadas. Em terceiro lugar, estão empatados a televisão, rádio e Facebook, com cerca de 41,7%.


Gráfico - assuntos em comum com ações previstas
Gráfico - assuntos em comum com ações previstasGoogle Forms - Agência Cachola


Foi questionado ao público alvo quais os assuntos mais buscados nas mídias entre as ações que serão fazer no Cidade São Paulo. Mais uma vez o Instagram provou ser a rede social preferida do público alvo do Cidade São Paulo, com cerca de 58,3% das respostas, este meio se tornou o mais eficaz dentre os outros citados. Com 16,7%, ficaram empatados o youtube e o público que não usa nenhum meio de comunicação para se informar dos assuntos de moda, eventos e compras digitais. Esse hábito pode estar diretamente ligado á ao público alvo secundário do shopping, que tem idade entre 45 e 60 anos de idade.

COBERTURA GEOGRÁFICA

ALVOS GEOGRÁFICOS

Com base em pesquisa IBOPE feita pelo Shopping Cidade São Paulo ficou decidido que os alvos geográficos da campanha são de diferentes regiões da cidade de São Paulo. Começando pelo público residente nos arredores do Cidade São Paulo como visto na imagem abaixo:


Mapa de alvos geográficos
Mapa de alvos geográficosIBOPE - Shopping Cidade São Paulo


Como pode ser visto, este é um gráfico da população total que reside nas proximidades do Cidade São Paulo e mostra a quantidade de pessoas que residem na área x a quantidade de domicílios para essa população. Na zona 1, temos a maior quantidade de pessoas x domicílios, com um pouco mais de 70.000 pessoas e um número de residências fixas bem baixo, com apenas 34.849. A primeira zona é a que gera mais interesse e precisa de um alcance eficaz por conta da proximidade com o shopping e a grande concentração de pessoas na área. Na zona 2, localizada próxima a avenida e na região da Pamplona, percebe-se que o fluxo de pessoas (41.438) que trabalham ou moram (20.461) na região é bem baixo a região do Cidade São Paulo, isso se dá por conta de a Pamplona não possuir um shopping localizado nas redondezas. Com um dos menores índices de população e residência fixa está a zona 3 que é a região da Vila Mariana. Essa região não está tão próxima da Avenida Paulista, mas em pesquisa realizada pelo IBOPE, a área foi analisada por estar no raio de abrangência geográfica. Na região existem apenas 40.463 pessoas residentes e 20.461 residências fixas, pois o bairro é historicamente mais comercial e detém apenas o Shopping Santa Cruz como principal centro comercial. A zona 4 possui o menor índice de população x residência da região Sul da cidade, tendo apenas 21.431 moradores para 10.142 residências. A zona 5 está na segunda colocação, com um pouco mais de 61 mil de moradores e com o número de residências bem mais, por ser uma região de alto padrão e conter diversos apartamentos. Em terceiro lugar, existe a zona 6, que possui mais de 49 mil moradores e 26 mil domicílios, o principal motivo para atingir o público dessa região é por conta da proximidade com o Shopping Frei Caneca, portanto, uma campanha que atinge essa região é uma boa opção. No gráfico de abrangência geográfica, os alvos geográficos serão em um raio de 9 quilômetros ao redor do Cidade São Paulo até o Shopping Center Norte. Na região da consolação temos o Shopping Frei Caneca que está caracterizado pela zona 6, e que possui o um grande fluxo de residentes e residências fixas por conta de estar próximo à Avenida Paulista e possuir muitos bares, baladas, lojas e centros culturais.


Gráfico de renda
Gráfico de rendaIBGE - Shopping Cidade São Paulo


Na imagem acima podemos ver a renda mensal de cada região citada no gráfico de população e residência. Na zona 1, a renda média do público frequentador do Cidade São Paulo é acima de 14 mil reais por mês, essa renda foi comprovada na fase 1 da pesquisa realizada pela agência. Aonde ficou comprovado que 12,6% das pessoas ganham mais que a renda sinalizada no gráfico. Dentro da zona 2 (Jardim Pamplona), a disparidade na renda mensal é de 10 mil reais segundo a pesquisa, a população residente no local ganha entre 4.200 até 14.200 reais, caracterizando o público secundário da campanha que será realizada. Nas zonas 3, 4, 5 e 6 estão as pessoas que possuem uma renda fixa de 2.00 até 4.200 reais mensais, como elas não entram no público-alvo da campanha do Cidade São Paulo, a agência conclui que este público se encaixa numa posição de ¨possível comprador¨ pois apesar de não possuir condições financeiras para fazer compras a cada 1 semana, pode ser atraído pelos serviços de lazer e entretenimento do shopping, bem como as diversas atividades que a Avenida proporciona aos finais de semana.

ANÁLISE BDI/CDI

Origens dos clientes do shopping por raio das áreas próximas ao Cidade São Paulo:


Origem do cliente por área
Origem do cliente por áreaIBGE - Shopping Cidade São Paulo


Analisando essa pesquisa de origem do cliente por área. Notamos e definimos, nosso raio de abrangência e onde devemos concentrar nossas mídias para atingir nosso público alvo, assim fidelizando ainda mais os que já são clientes do shopping e atrair os que não visitam o shopping.  


Tipo do cliente:

Tipo do cliente
Tipo do clienteIBOPE - Shopping Cidade São Paulo


Quando se fala do cotidiano do público que convive em regiões próximas a Avenida Paulista, os residentes da área ganham a companhia do público flutuante na região durante a semana. Comparado com o ano de 2016, 2018 teve uma queda percentual de 2 pontos em relação as pessoas que frequentam a área a trabalho, mas se deslocam para outras regiões aonde moram. Nesse gráfico podemos destacar os públicos flutuantes frequentes e esporádicos. Comparado ano de 2016, 2018 teve um aumento de 5 pontos percentuais para o público que não mora ou trabalha na região ou mora e trabalha nas redondezas e gostar de ir ao Shopping Cidade São Paulo. O público que frequenta o shopping a cada 15 dias teve um pequeno aumento de 1 ponto percentual em 2018, fazendo uma leve comparação com o ano de 2016.

CONCORRÊNCIA

Meios de comunicação utilizados mais frequentemente e o nível de presença  

Shopping Pátio Paulista: O Shopping Pátio Paulista é o maior concorrente do Cidade São Paulo em níveis de infraestrutura e número de serviços oferecidos, mas suas redes sociais são insuficientes em todos os quesitos básicos como engajamento do público, número de likes nos posts e variedade de conteúdo.


Facebook: Analisando a rede social do Facebook, é visto que o número de pessoas que curtem a página é alto, com mais de 100 mil pessoas. Mas isso não se traduz em interação nos posts do Pátio Paulista. O post trata-se de uma ação promocional para o dia dos pais e foi feito no dia 29 de julho. Como a data é muito especial, imagina-se que o engajamento das pessoas nesse post seria grande, mas a publicação possui apenas 173 curtidas e 2 comentários. O que representa menos de 1% de interação no post.


Post - Ação promocional Pátio Paulista
Post - Ação promocional Pátio PaulistaFacebook - Shopping Pátio Paulista


O post acima foi tirado como exemplo apenas para mostrar como as redes sociais do Pátio Paulista não tornam o Shopping mais visível nas mídias digitais, mas para ter uma ideia mais concreta deste baixo engajamento, foi tirado uma média das curtidas, comentários e compartilhamentos dos posts nos últimos 10 dias. A média de curtidas nas publicações é de apenas 37 curtidas, número muito pequeno pela quantidade de curtidas na página, 3 comentários são feitos por média em cada post e o compartilhamento não passa 10 desde o dia 24 de julho.


Instagram: Após análise do Instagram, a agência notou que houve um pequeno crescimento no engajamento do público com os posts do Pátio Paulista, mas a média dessas interações ainda não condiz com o número de seguidores do shopping. Nas últimas 10 publicações, a média de curtidas pula para a casa das 927 curtidas, enquanto os comentários pioraram sua média de 3 comentários, para 2 em cada post. Seu número de seguidores é nitidamente mais baixo do que o Facebook, possuindo apenas 30.600 seguidores, representando apenas 31% de todos os seguidores nas duas redes sociais. Na imagem abaixo, estão os últimos posts feitos, o assunto mais abordado nesse período é sobre o dia dos pais, pois a data gera grande oportunidade de venda para o mercado varejista, mas a maioria das publicações servem para divulgar promoções, lojas e serviços oferecidos.


Post - conteúdo publicado - Pátio Paulista
Post - conteúdo publicado - Pátio PaulistaInstagram - Shopping Pátio Paulista


Top Center:  O Shopping Top Center é considerado como o concorrente menos preparado para concorrer com os centros comerciais da região da Paulista, e isso se traduz em suas mídias digitais também. 


Instagram: Seu Instagram possui apenas 49.600 seguidores, sendo que na Avenida Paulista circulam mais de 1,5 milhão de pessoas, média maior que toda a cidade de Campinas, os dados citados anteriormente fazem parte de uma pesquisa feita pelo site Hotel Real Paulista. Suas publicações não fogem do padrão de todo shopping center, que é divulgar suas lojas, produtos e serviços oferecidos. 


Facebook: Se o cenário já não era animador no Instagram, pode se dizer que o Facebook possui métricas de engajamento praticamente nulas. Após análise de 10 posts no último mês, a média de curtidas é de apenas 2 por publicação. Ou seja, o público frequentador da Paulista e o público-alvo desse shopping praticamente não mantém uma relação próxima. No post abaixo podemos ver uma campanha da Decathlon, loja que fica ao lado do Top Center, e próprio shopping. Como a data é festiva e gera um alto número de vendas para o varejo nacional, era de se esperar que a o número de comentários, compartilhamentos e curtidas ultrapassasse a casa dos mil comentários, mas a publicação não possui nenhuma interação. O que demonstra a ineficácia do Top Center nas mídias sociais.


Post dia dos pais - Top Center
Post dia dos pais - Top CenterFacebook - Top Center Shopping


Center 3: As mídias sociais do Shopping Center também possuem baixo engajamento com seu público. Mas o Facebook do local tem grande potencial para se tornar um grande diferencial entre os shoppings da região.  


Facebook: Como dito acima, a página do Facebook do Center 3 pode se tornar um ponto positivo para o shopping, pois seu número de seguidores é de cerca de 400 mil pessoas, 4 vezes mais do que o Cidade São Paulo e seus concorrentes. Mas o grande obstáculo pode ser fortalecer as mídias sociais e torná-las um diferencial perante a concorrência, pois suas publicações possuem uma média de apenas 14 curtidas e 3 comentários por publicação, o que não representa nem 1% do total de seguidores.


Instagram: Dentre todos os concorrentes, o Center 3 é o único shopping que utiliza seus stories para postar conteúdo sobre o shopping. Não é possível saber quais as métricas de engajamento dessa ferramenta, mas é uma fonte para ter relações mais próximas com seu público e provocar engajamento. Seu alto número de curtidas não se traduz dentro do Instagram, pois a página possui apenas 9.488 seguidores, uma média de 46 curtidas por publicação e apenas 1 comentário.

Peças e formatos mais usados: mídia avulsa, patrocínios e/ou product placement

Os formatos para as peças, fotos e publicações no Instagram e Facebook são os posts de 1080x1080 e para stories 1080x1920. Os mais utilizados são mídia avulsa e divulgações dos serviços e das lojas do shopping em geral. Como um todo, os concorrentes se utilizam de banners promocionais que levam a páginas dentro site, essas páginas oferecem serviços de drive thru para entrega de produtos comprados pelo E-commerce, serviços de yoga ou massagem e delivery de produtos. Suas mídias sociais utilizam o modelo mais convencional visto nesse canal, apenas publicações avulsas e com conteúdo voltados para o que o shopping oferece de serviços.

Performance dos concorrentes principais nas mídias sociais  

Shopping Pátio Paulista: 


 Não atinge o que se espera, principalmente por conta do porte do Pátio Paulista. O baixo engajamento e relação com o público é o principal problema para o concorrente não ser forte na mídia digital. Por conta dessas fraquezas, a agência Cachola têm como objetivo alavancar as redes sociais e se sobressair perante esse ao concorrente mais preparado. 


Top Center: 


Dentre os concorrentes, possui as redes sociais com mais pontos fracos. Praticamente não se relaciona com seu consumidor e suas publicações não causam impacto em seus seguidores, isso ocorre pelo baixo número de seguidores, que é de apenas 49.600 seguidores, e sua média de interação por posts é menor que 10. Em seu Facebook, o número de seguidores possui apenas 30.012 seguidores, número muito inferior em relação a quantidade de pessoas que passam pela Avenida Paulista por dia. 


Center 3: 


Todo o potencial que as mídias sociais do Center 3 não estão sendo praticados da maneira correta. O Facebook do shopping possui mais de 400 mil seguidores, mostrando que é a página com maior visibilidade dentro da concorrência. Mas suas publicações não atraem de fato o consumidor para que ele interaja com o shopping via redes sociais. A página do Instagram tem apenas 9 mil seguidores, ou seja, mais de 90% a menos do que sua conta no Facebook, isso mostra que o Center 3 não se preocupa com a forma de se relacionar com seu público-alvo nas mídias sociais.

Presença geográfica dos concorrentes principais

Abrangência geográfica - Shopping Cidade São Paulo
Abrangência geográfica - Shopping Cidade São PauloIBGE - Shopping Cidade São Paulo


O Top center Shopping é o estabelecimento que está mais próximo, a 250 metros do Cidade São Paulo. O concorrente do Shopping Cidade São Paulo que está bem próximo é o Shopping Center 3, localizado a cerca de 900 metros na Avenida Paulista, número 2064 - Bela Vista. Localizado a 1,2 quilômetros do Cidade São Paulo, o Shopping Pátio Paulista não está tão próximo em relação aos demais concorrentes. Em relação a área total da imagem acima, trata-se de uma abrangência geográfica do Shopping Cidade São Paulo e as regiões em que seus frequentadores residem, portanto, decidimos manter esse raio de 9 quilômetros.



VERBA DE MÍDIA

Verba total exclusiva para a mídia

3 milhões de reais.

 Distribuição da verba de mídia por campanha, se houver mais De uma

O investimento de mídia que foi disponibilizado por parte do cliente é de R$ 1.500.000,00 reais para a parte de campanhas digitais. Já para a parte de produção das peças de revista e metrô, a verba disponível foi de R$ 300.000,00 reais.


Ação Eu consciente:

 

Para essa ação, serão feitos diversos posts para Instagram e Facebook, porém, apenas durante a ativação da campanha e a realização do evento. O custo total de mídia da ação interna do Eu consciente totalizou R$ 693.420,00 durante o ano de 2021.


Ação (Re) Inventando moda:


Essa ação possui um gasto um pouco mais elevado por conta dos custos que a agência teve para inserir conteúdos em revistas direcionadas ao público feminino.


Custo total:  Inserção digital - R$ 840.602,40


Produção de mídia para revista - R$ 150.815,00


Custo total da ação: R$ 991.417,40 


Ação De volta ás raízes:
 

Essa ação não obteve alta demanda do dinheiro investido para mídia, ficando na mesma projeção da ação "Eu consciente".


Custo total: Inserção digital - R$ 648,580,00


Ação Natal.Eco:


Junto com a ação "(Re) Inventando moda", essa ação de moda demandou um grande investimento do budget de mídia da agência.


Custo total: Inserção digital - R$ 648,580,00  


Produção de mídia para metrô - R$ 35.000


Custo total da ação: R$ 683.580,00


Todas essas ações totalizaram um custo total de R$1.363.322,40 para o ano de 2021. Esse gasto não é muito alto em comparação com outros planos de mídia, porém, nossos objetivos de mídia e público-alvo são bem segmentados, além do budget ser bem limitado.




OBJETIVOS E PRIORIDADES DE MÍDIA

Mídia Integrada aos objetivos de marketing

Para os objetivos de marketing existirão três eventos, são eles: Empreendedorismo Feminino, De volta às raízes, Reinventando Moda o evento visa apresentar o aplicativo recém lançado para os consumidores que se interessam por moda. Atrair o público por meio das ações promocionais, aumentando o número de visitantes causando empatia e trazendo retorno financeiro para os lojistas dos shoppings, aumentando a participação em vendas das lojas físicas e do canal On-Stores. Para melhorar a participação do E-commerce na receita anual, a agência vai utilizar o aplicativo da ação de moda para gerar acessos e retorno de mídia dentro do site. Pois todas as peças de roupa disponíveis no APP levarão o visitante diretamente para o site do Cidade São Paulo.

Mídia Integrada aos objetivos de comunicação

A mídia integrada do shopping será composta pela sua maioria de canais digitais como: LinkedIn, Facebook, Instagram e Youtube. Com o objetivo de engajar e fidelizar ainda mais o público do shopping e atrair novos, conversando diretamente com eles, que por sua maioria utilizam essas mídias sociais com muita frequência no seu dia a dia. A agência optou pelo uso do Out of home e da mídia impressa que será a Revista (TPM, Glamour e Cláudia) para reforçar e sustentar ainda mais o posicionamento das campanhas que aconteceram durante todo o cronograma de mídia do ano. Além do hotsite que será criado especialmente para a campanha de natal, como uma central de informações e cadastro para a ação. As mídias alinhadas com os objetivos de comunicação, as propostas são criar uma identificação de valores, mostrando empatia e que somos um shopping que não pensa só em vendas, mas que se preocupa com nossos clientes e com o ambiente que estamos inseridos.  

ALCANCE NO PÚBLICO ALVO (BAIXO, MÉDIO OU ALTO)

Para os eventos e workshops o alcance planejado para ser alcançado é médio. Como o aplicativo será integrado em uma ação promocional que será realizada, planejamos que seu alcance seja alto e por volta de um raio de 7KM em volta do Cidade São Paulo. O em torno do Shopping Cidade São Paulo recebe um grande fluxo de pessoas diariamente, portanto, não seria necessário atingir muitas pessoas na região por conta da movimentação da Avenida Paulista. Tratando-se das mídias sociais, percebe-se que o Cidade São Paulo não desenvolve campanhas com frequência, seu público frequentador se divide em dois gêneros e espalha-se em diversas regiões de São Paulo, então para atingir nossos objetivos de comunicação devemos buscar o maior alcance de público possível. O Out of home terá uma meta de alcance média por conta da localização do shopping (Brigadeiro, Higienópolis, Avenida Paulista e Consolação) e o alto fluxo de pessoas nessa região já conhecem o Cidade São Paulo. 

Frequência média de exposição

Alcance no público alvo:


Facebook:


Serão feitos 3 posts por semana com horários e dias pré-estabelecidos.


Instagram:


Serão feitos 3 posts por semana com horários e dias pré-estabelecidos com 5 stories por semana.


Revista:


Uma matéria sobre o Shopping Cidade São Paulo e ação promocional realizada no mês da edição da revista, como por exemplo a ação de natal que será feita. Dentro das revistas que serão usadas como meio de comunicação, existirá uma matéria especial sobre o assunto.


Out Of Home:


Como serão realizadas 4 ações para o público e em diferentes meses do ano, as campanhas veiculadas no OOH terão serão transmitidas 3 semanas antes do evento.


E-mail Marketing:


Assim como o OOH, cada conteúdo de E-mail Marketing será disparado 3 semanas antes do evento ocorrer e um dia antes do término de inscrição. com isso, geramos um senso de urgência na mente do consumidor.

Períodos de veiculação e tipo de continuidade  

Todas as nossas campanhas, eventos, workshops e ativações de marca terão veiculação durante o ano de 2021, mais especificamente a partir do mês de março em datas específicas. O primeiro evento ocorrerá no mês de março, de 06 a 14 de março, e será sobre o empreendedorismo feminino. O segundo será um Workshop que terá a campanha sendo lançada no dia 9 de agosto e se encerrará no dia 22 do mesmo mês. Teremos também um workshop com pequenos produtores de produtos naturais e chefes de cozinha renomados, se iniciará no mês de março e ocorrerá de 3 em 3 meses até o fim do ano. Falando sobre as peças publicitárias, todas terão um período de veiculação apenas durante o início da campanha e até seu último dia de veiculação, pois sua principal função é atrair o público para as ações e mostrar a identidade criada para o Cidade São Paulo. A continuidade da parte visual das campanhas será de 3 vezes por semana, por conta de cada publicação que será feita nas redes sociais.





SELEÇÃO DOS MEIOS

QUAIS SERÃO OS MEIOS UTILIZADOS (OOH, TV, INTERNET...)

Como cada ação desenvolvida possui uma abordagem diferente, foi decidido pela agência utilizar diferentes meios de comunicação online e offline. Pois o Shopping Cidade São Paulo detém um público bem segmentado, mas que consome desde os meios de comunicação mais modernos do mercado até os mais tradicionais. Abaixo está detalhado cada meio que será utilizado nas ações que serão desenvolvidas:


Ação 1: 


Mídia online - Peças avulsas de rede social, formato 1080 x 1080 (Facebook, Instagram e LinkedIn);


E-mail Marketing - 500 a 600 pixels de resolução;


Vídeo informativo no YouTube - No máximo com 30 segundos de duração;


Ação 2:


Mídia online - Peças avulsas de rede social, formato 1080 x 1080 (Facebook, Instagram); 


E-mail Marketing - 500 a 600 pixels de resolução;


Vídeo informativo no YouTube - No máximo com 30 segundos de duração;


Mídia Offline:


Painel de LED - Duração de 2 semanas antes do evento até o dia em que ocorrerá;


Ação 3:


Mídia online - Peças avulsas de rede social, formato 1080 x 1080 (Facebook, Instagram); 


E-mail Marketing - 500 a 600 pixels de resolução;


Vídeo informativo no YouTube - No máximo com 30 segundos de duração;


Aplicativo - Servirá para o público que quiser dicas de como se vestir bem e estar na moda, todas as roupas expostas dentro do app serão de marcas que tem loja física dentro do shopping.


Mídia Offline - Painel de LED - Duração de 2 semanas antes do evento até o dia em que ocorrerá;


Ação 4:


Mídia online - Hotsite institucional - Irá ao ar 2 semanas antes e sairá do ar uma semana depois e servirá para que o público possa buscar informações sobre os eventos que serão feitos e se inscrever para participar dos sorteios.


Peças avulsas de rede social, formato 1080 x 1080 (Facebook, Instagram); 


Mídia Offline - Painel de LED - Duração de 2 semanas antes do evento até o dia em que ocorrerá;


Hotsite - Irá ao ar 2 semanas antes e sairá do ar uma semana depois. A página servirá para todos os consumidores consultarem informações sobre o evento e se inscrever no mesmo.


Ação 5:


Mídia Online - Página exclusiva dentro do site institucional, vai ao ar 2 semanas antes e sai do ar uma semana depois;


E-mail Marketing - 500 a 600 pixels de resolução;


Peças avulsas de rede social, formato 1080 x 1080 (Facebook, Instagram); 

Citar as características e as vantagens dos meios (INTENSIDADE, PENETRAÇÃO, HÁBITO, OPORTUNIDADES...) 

Vantagens dos meios online: As mídias utilizadas nas campanhas do Shopping Cidade possuem diversas características que as diferenciam entre si, portanto, existem algumas características e vantagens que se destacam em cada meio, seja ele online ou offline. Os meios online consistem em utilizar canais com um alcance mundial, como por exemplo banners digitais e lojas eletrônicas, por conta disso, esses canais possuem um poder de propagação da mensagem muito alto fazendo com que o conteúdo chegue a qualquer parte do mundo de maneira rápida. E além de propagar a mensagem rapidamente, as mídias online não vão ocupar um grande espaço da verba de comunicação, pois seu custo é bem baixo em comparação com os meios mais tradicionais.


Características dos meios online: As mídias online possuem muitas características similares apesar de possuírem funções diferentes entre si, como por exemplo a facilidade de se compartilhar informações com qualquer pessoa, e com uma rapidez incrível. Todas elas permitem ao usuário uma grande interação social com pessoas que não conhecem e que podem estar a quilômetros de distância um do outro, compartilhamento de informações e conteúdo de diferentes assuntos, são bem intuitivas e permitem que todos os usuários naveguem por dentro das páginas, ou seja, os canais online são feitos por diversas camadas digitais.


Características dos meios offline: Os meios de divulgação offline servem para divulgação de informações para públicos segmentados e não usa a internet para fazer essa propagação, neste canal a informação também chega rápido ao receptor, pois ele não precisa estar online para ser impactado pelo conteúdo Esses canais detém algumas vantagens que são importantes na escolha de um canal online ou offline. A seguir serão citadas algumas dessas características: Geralmente são inseridas em mídias físicas como banners, outdoors, relógios de rua ou pontos de ônibus, sua presença é grande em eventos com grande fluxo de pessoas, televisão, rádio, jornal e folders são os meios mais conhecidos e usados na mídia offline.


Vantagens dos meios offline: As mídias offline podem ter perdido muito espaço com o surgimento do marketing digital no mercado, mas sua confiabilidade e garantia de resultados não decepciona em nenhum projeto de comunicação, e podem também ser integradas com as ações digitais desenvolvidas, fazendo um complemento na hora de impactar o público desejado. Os meios offline possuem um grande alcance no público-alvo, pois o grande volume de pessoas que ouvem rádio na ida e volta do trabalho e assistem televisão no tempo livre é enorme, aumentando a possibilidade de atingir o resultado esperado com eficácia.

 

Penetração da internet por mercado em 2017: Todas as campanhas do Cidade São Paulo vão se concentrar na região da grande São Paulo, portanto, a necessidade de se analisar os dados dos principais de meios consumidos na cidade é de  extrema importância, pois assim as ações promocionais desenvolvidas. O infográfico abaixo fala sobre o índice de penetração no ano de 2017 dentro dos principais estados do Brasil, e em primeira mão, percebe-se que o estado de São Paulo detém a segunda maior média dentre os citados na pesquisa e se utilizam e desktops para navegarem na internet. Esse número se dá, pois, a capital do país possui mais da metade de sua população trabalhando em escritórios e têm acesso a esse tipo de equipamento.


Dados de penetração 2019:


Índice de penetração - 2017
Índice de penetração - 2017Mídia dados 2019


Penetração em mídias digitais:


No ano de 2019, o índice de penetração nos meios digitais bateu na casa dos 86%, esse índice elevado no meio digital ocorre por conta do crescimento das redes sociais e sites produtores de conteúdo. Grande maioria da população da cidade utiliza se utiliza dos canais digitais durante a ida ou volta do trabalho, seja para mandar mensagens, ver vídeos ou estudar, por isso o elevado índice de penetração na capital do país.


Penetração mídias digitais - 2019
Penetração mídias digitais - 2019Mídia dados 2019


Acesso à internet:


Após levantamento do índice de 86% em penetração no estado de São Paulo, foi analisado que em todo o país a maior ferramenta de acesso á informação é o smartphone. Segmentando para o estado de São Paulo, pode se dizer que o uso deste meio é o mais elevado de todos os estados, pois o número de pessoas residentes na capital e que se utilizam do smartphone para busca de informações é bem alto. E de acordo com a pesquisa feita pela agência, o público-alvo das campanhas que utiliza os digitais e sociais para escolher o shopping que atende suas necessidades é de 66,7%, essa porcentagem mostra a importância de se fortalecer as redes sociais do shopping para atrair mais consumidores ao local e lhe dar notoriedade no meio online.


Acesso à internet nos últimos 30 dias - 2019
Acesso à internet nos últimos 30 dias - 2019Mídia dados 2019


Após perceber que o meio mais utilizado no país são os smartphones, o gráfico abaixo demonstra quais as faixas etárias que mais usam o meio para buscar as informações, e dentre as faixas etárias do infográfico, o público-alvo das campanhas do Cidade São Paulo estão entre as porcentagens mais altas (27 a 37 anos com 94,8%) e o público secundário (45 a 60 anos com 93,8% e 88,4% respectivamente).


Porcentagem de utilização das redes sociais - 2019
Porcentagem de utilização das redes sociais - 2019Mídia dados 2019


Neste gráfico podemos ver qual a porcentagem de penetração nos acessos à internet, mais especificamente de segunda sexta e finais de semana. Grande parte do público-alvo da campanha do shopping entra no índice de 98,5% e que utilizam as redes sociais de segunda a sexta, por conta de trabalharem durante a semana toda e terem tempo hábil de navegar na internet durante a ida, volta do trabalho ou após chegarem em suas residências. As demais porcentagens são mais baixas por conta do fim de semana servir como tempo de lazer e descanso pelos consumidores do shopping, o papel das redes sociais neste caso é aumentar o índice aos finais de semana e fazer com que o público frequentador da Paulista busque informações sobre o Cidade São Paulo em suas redes sociais, aumentando assim a penetração deste meio e as métricas de engajamento.


Acesso à internet nos dias da semana - 2019
Acesso à internet nos dias da semana - 2019Mídia dados 2019


Os dados do gráfico abaixo mostram a importância das redes sociais para a campanha. Com 55,7%, muitas pessoas consomem redes sociais para realizar postagens e consumir conteúdos de diversas categorias, e como o público-alvo do shopping consome esse meio para saber sobre as novidades do mercado de shoppings centers e as opções de lazer e entretenimento que o setor trazem, os posts mais interativos sobre os eventos e sorteios que serão feitos servirão como meio de interação do consumidor com o Cidade São Paulo.


Perfil dos consumidores em revista 2019:


No gráfico abaixo, existem informações importantes sobre o público consumidor de revista no Brasil. O público predominante é de mulheres, com cerca de 56%, para a campanha do Shopping Cidade São Paulo essa porcentagem é muito importante, pois uma de nossas ações que se chama "reinventando moda" servirá como ponto de divulgação do aplicativo sobre moda, convidados do evento, data que irá ocorrer. Para a classe econômica o cenário continua positivo, o público-alvo da campanha é em sua maioria de 62%, e desses 62%, 21% possuem a idade que se encaixa no perfil das campanhas, que é de 25/34 anos de idade.


Perfil do consumidor em revista - 2019
Perfil do consumidor em revista - 2019Mídia dados 2019


Sobre o índice de penetração na população brasileira, a revista não obtém uma alta porcentagem de penetração comparado com os outros meios. Mas com 21%, a ação de moda pode obter um bom alcance e garantir um bom índice de penetração por conta do público bem segmentado da campanha.


Penetração na população - 2019
Penetração na população - 2019Mídia dados 2019


FUNÇÃO DOS MEIOs

 Mídia básica ou principal

Facebook e Instagram e LinkedIn: 


As mídias sociais terão um dos papéis mais importantes na hora de captar e atrair o público para as campanhas feitas. Como o público principal é predominante feminino e costuma ser influenciado pelas redes sociais, o papel principal deste meio é ser a fonte de informação sobre todas as atualizações que o Shopping Cidade São Paulo. Cada post que será feito nas 3 redes sociais terá um papel específico de engajar e conectar o público com as ações, fazer com que eles interajam dentro da rede e tornem o Cidade São Paulo forte nas mídias digitais.

Mídia complementar 

Out Of home:


Para o OOH, foi planejado uma série de artes informativas e ilustrativas para todos os eventos que serão feitos no ano de 2021. Apenas mensagens e desenhos serão reproduzidos no display pois o shopping não permite que vídeos ou propagandas sejam feitas no painel. Sua função básica nas ações será informar os frequentadores da Avenida Paulista sobre os eventos que ocorrerão em uma data próxima e estimulá-los a interagir por meio das redes sociais do Shopping Cidade São Paulo.


Aplicativo:


O APP atuará diretamente na ação "Reinventando moda" e a princípio sua principal função será fidelizar o público que já frequenta o Shopping e costuma realizar compras nas lojas de roupa do local, e assim podemos gerar um tráfego maior dentro do E-commerce do Cidade São Paulo. Como função complementar a agência definiu que o aplicativo também servirá para reter novos clientes para o shopping, desde o evento em que ele será lançado, até um período de longo prazo, pois o APP continuará ativo após a finalização das campanhas.


E-Mail Marketing:


Atuará diretamente em todas as ações desenvolvidas para o ano de 2021, o papel do E-mail Marketing em cada campanha será o de reforçar as principais informações sobre cada evento realizado, gerar um senso de urgência no público, assim podendo obter um grande número de inscritos nos eventos. E por fim, conectar e estreitar a relação entre shopping e cliente, mostrando o interesse do Cidade São Paulo em contar com cada um durante os eventos.

Mídia apoio

YouTube:


Terá a função de alertar e informar todos os clientes, possíveis clientes e usuários da plataforma sobre as ações de comunicação que realizaremos no Cidade São Paulo. Como função secundária, o papel da plataforma é mostrar ao público que a fama do Cidade São Paulo em ser "O Shopping da Avenida Paulista" não é à toa. Todos poderão ver que o shopping está inserido nos canais de comunicação mais modernos e está se reinventando com o tempo.


Hotsite:


Terá espaço especial na ação mais importante do planejamento que acontecerá no final do ano. Sua principal função será atrair todo o público em uma região de 9 quilômetros em volta do Cidade São Paulo e como função secundária e não menos importante, deve gerar uma sensação de "alerta" e agilidade na mente do consumidor para que ele realize suas compras acima de 400 reais no shopping e troque sua NF por um número sortido, assim concorrendo ao super prêmio disponibilizado.


Revista:


Deve reter novas possíveis clientes ao Cidade São Paulo, pois o público que consome esse meio é predominantemente feminino, ainda mais se tratando de revistas como Glamour, Cláudia e TPM. Com a inserção dessa mídia no planejamento, o público primário será atingido de maneira mais assertiva. Como função secundária, a revista servirá para entreter as mulheres com o conteúdo presente no evento, convidados presentes, assuntos abordados e data para participarem, assim a ação atrai o público-alvo a comparecer no local e ao mesmo tempo o prepara para se tornar um cliente fixo.


CRONOGRAMA DE VEICULAÇÃO

CRONOGRAMA COM OS FLIGHTS DA ESTRATÉGIA DE CADA MÍDIA  



O cronograma de mídia do Shopping Cidade São Paulo totaliza um ano de campanha com estratégias específicas para cada meio que será utilizado para cada ação. Com o objetivo de superar a concorrência e engajar o público que já são clientes e atrair novos, fazendo para o shopping uma melhor assertividade em suas campanhas. A agência escolheu usar as redes sociais: LinkedIn, Instagram e Facebook durante o período de um ano com o objetivo de atingir o maior número de pessoas possíveis e como mídia principal para todas as campanhas, pela maioria do seu público ser composto de usuários ativos de todas as mídias sociais escolhidas. O uso de mídia OOH vai começar em março e só termina no mês dezembro. Será usado como mídia complementar e de apoio para os eventos sazonais e todas as campanhas de sustentação de marca do Cidade São Paulo. O Youtube será utilizado como mídia de apoio para os eventos e as promoções que aconteceram. O início vai ser em agosto em conjunto com o evento e campanha Moda para todos, atraindo e fidelizando ainda mais o público. Sua duração vai ser o mês inteiro de agosto. Em seguida inicia a ação Raízes que terá 2 períodos de execução o mês de setembro e retornando no mês de dezembro. Mas o uso do Youtube como mídia retornará antes para apoiar e ajudar no lançamento da última ação e mais importante do ano que é o Natal que tem início no mês de novembro. A agência optou por usar a mídia impressa como mídia, revistas (TPM, Glamour e Claudia) como apoio e divulgação para o evento Moda para todos. Levando em conta que seu público leitor é predominante feminino, estampando as páginas durante o mês de agosto quando se inicia o período de realização do evento. E ações voltadas para o público interno que são os colaboradores do shopping, que terá início na última semana de agosto até a primeira de setembro, sendo retomada no início de novembro onde se inicia os preparativos para o final do ano, data que o número de vendas e totalmente expressivo no faturamento do shopping. Com o término no final de dezembro com as datas comemorativas, engajando e motivando com premiações destinadas aos colaboradores. 


Posicionamento em relação a concorrência:


Pensando em se destacar no lado comunicacional em relação aos concorrentes, todas as ações propõem ao público um posicionamento mais próximo das pessoas, ter um relacionamento mais próximo e mostrar a todos que o local se preocupa com sua imagem, em ser responsável socialmente e sustentavelmente falando.


Para a ação "empreendedorismo feminino", foi pensado na questão atual do empoderamento feminino e o crescimento das mulheres no mercado de trabalho como forma de atingir nosso público-alvo e mostrar a sociedade a importância de se dar espaço ao gênero feminino. Todos os outros concorrentes realizam ações do tipo apenas no dia da mães, portanto, vamos igualar no quesito "período da ação", pois a 1ª parte do ocorrerá dois dias antes, nos dias 06 e 07 de março, mas nesse caso a agência realizará uma 2ª parte dessa ação nos dias 13 e 14 de março para que o público possa ir até o shopping e curtir o evento mesmo depois do dia das mães.


Na ação de moda "Reinventando moda", o posicionamento do shopping é mostrar ao público que a empresa se preocupa com as injustiças sociais de grupos desfavorecidos no mundo atual. Seus concorrentes não realizam muitas ações com cunho social e nem se posicionando socialmente desta maneira, buscando mostrar a sociedade o sofrimento passado por pessoas que possuem o próprio estilo ou não usam certas peças de roupa apenas por serem julgadas por isso. O evento também acontecerá num período especial, de 9 de agosto a 22 de agosto, este mês é marcado pela comemoração do dia mundial da moda, que é justamente no dia 22, dia do término da ação promocional.


Como falado anteriormente, o Cidade São Paulo também terá um posicionamento mais sustentável a partir da ação "De volta as raízes", nela o shopping mostrará a todos que pratica ações sociais para melhorar o meio ambiente, se preocupa em conscientizar seus colaboradores e cliente do uso correto das matérias primas e o consumo de alimentos saudáveis. Nenhum dos concorrentes do shopping realizam ações promocionais fixas por todo ano, portanto, essa campanha ocorrerá de três em três meses com início em março. Este formato possibilita ao Cidade São Paulo realizar diferentes eventos em estações distintas do ano.


Essa ação é a mais importante a ser realizada pelo Cidade São Paulo, pois abrange as datas festivas no final de ano. Nela faremos um mega sorteio de um carro elétrico no valor de R$ 130.000. Nesta ação foi pensado em fugir da mesmice de sorteios com vale-compras e descontos em roupas, eletrônicos e etc. Como posicionamento, buscamos mostrar que o shopping preza pela união, amor entre todas as pessoas, principalmente numa data tão importante como o natal, que sempre quer o bem de seus clientes e gosta de agradá-los.


Na última ação, faremos um evento para todos os lojistas, vendedores e colaboradores do Shopping Cidade São Paulo, a ação será realizada do dia 31 de agosto até 10 de setembro. Nela, buscamos mostrar que o Cidade São Paulo se preocupa com o meio ambiente, com a sustentabilidade e o bom uso de todos os recursos do planeta terra por todos os profissionais envolvidos com o shopping. Com essa ação, buscamos nos diferenciar da concorrência e deixar claro que o maior responsável pelo crescimento do shopping, quem o mantém sempre preparado para receber seu público são os vendedores, lojistas e todos que trabalham para manter o shopping sempre entre os melhores na cidade de São Paulo.





Referências

07 curiosidades da Av. Paulista. São Paulo, 2018. 1 p. Disponível em: http://www.hotelrealpaulista.com.br/blog/item/79-sao-paulo. Acesso em: 4 ago. 2020.

Agência Vulgata. Mídia online e mídia offline: entenda a diferença,. Agenciavulgata. Paraná, 2018. 1 p. Disponível em: https://agenciavulgata.com.br/midia-online-e-midia-offline-entenda-a-diferenca/#:~:text=A%20m%C3%ADdia%20offline%20trabalha%20a,at%C3%A9%20mesmo%20as%20redes%20sociais.. Acesso em: 15 jul. 2020.

Características da Internet. Vale 10. São Paulo, 2019. 1 p. Disponível em: http://vale10.no.comunidades.net/caracteristicas-da-internet. Acesso em: 15 jul. 2020.

Educa.IBGE.GOV. Indicadores sociais das mulheres no Brasil. São Paulo, 2017. Disponível em: https://educa.ibge.gov.br/jovens/materias-especiais/materias-especiais/20453-estatisticas-de-genero-indicadores-sociais-das-mulheres-no-brasil.html. Acesso em: 15 mai. 2020.

MalvestioAna. O que é preciso saber sobre as mulheres da geração Milênio. Harvard Business Review. São Paulo, 2016. Disponível em: https://hbrbr.uol.com.br/o-que-e-preciso-saber-sobre-as-mulheres-da-geracao-milenio/. Acesso em: 26 abr. 2020.

Mercatto comunicação. COMUNICAÇÃO ONLINE E COMUNICAÇÃO OFFLINE: O QUE EU PRECISO SABER?. Blog Mercatto Comunicação. São Paulo, 2017. 1 p. Disponível em: https://blog.mercattocomunicacao.com.br/comunicacao-online-e-comunicacao-offline-o-que-eu-preciso-saber/. Acesso em: 15 jul. 2020.

Mídia dados 2019. São Paulo: Mídia dados 2019, 2017. 475 p.

Nossos hábitos nas redes sociais. Zoop Creative. São Paulo, 2019. Disponível em: https://zoopcreative.com.br/zoop/redes-sociais/408-nossos-habitos-nas-redes-sociais#google. Acesso em: 4 abr. 2020.

feito

Use agora o Mettzer em todos
os seus trabalhos acadêmicos

Economize 40% do seu tempo de produção científica