MINHA DISSERTAÇÃO

UNIVERSIDADE SANTO AMARO

MINHA DISSERTAÇÃO

DANIELLI SAMPAIO

Orientador:
SANDRA LIMA PEREIRA RIBEIRO

Coorientador:
BIANCA BOCALETIWERNER

Resumo

Palavras-chave: Didática

Keywords:

Didática

Refletir sobre a didática aplicada em nosso País é algo que traz tanto desconforto, tristeza e até repulsa. 

Peço desculpas pelas palavras fortes usadas mas  não há como amenizar a dor e revolta causada por quem realmente se importa com a educação e o caos que gira entorno da´´ educação, ´´se é que podemos nominar assim.

desenvolvimento

Vamos então falar sobre este conflito que beneficia alguns e prejudica vários! A didática  liberal prepara o indivíduos para adaptar-se aos valores e às normas vigentes na sociedade de classes,  ignorando totalmente a desigualdade social que sempre existiu e continua a se fazer presente, difunde a idéia de igualdade escondendo a realidade e as diferenças.  . 

Historicamente, a educação liberal iniciou-se com a pedagogia tradicional e, por razões de recomposição da hegemonia da burguesia, evoluiu para a pedagogia renovada (também denominada escola nova ou ativa), o que não significou a substituição de uma pela outra, pois ambas conviveram e convivem na prática escolar.

Ao relatar sobre a progressista esta tendência inspira-se no filósofo e educador norte-americano John Dewey. Cf. Anísio Teixeira, Educação Progressiva. 

Na tendência tradicional, a pedagogia se caracteriza por acentuar o ensino humanístico, de cultura geral, no qual aluno é educado para atingir, pelo próprio esforço, sua plena realização como pessoa. Os conteúdos, os procedimentos didáticos, a relação professor-aluno não têm nenhuma relação com o cotidiano do aluno e muito menos com as realidades sociais. O professor é dono de toda ´´verdade´´ e dita todas as regras.

Sobre liberal Renovada é utilizada as culturas individuais, a educação é um processo interno, ela parte das necessidades e interesses individuais necessários para a adaptação ao meio. 

A tendência liberal renovada apresenta-se, entre nós, em duas versões distintas: a renovada progressivista2, ou, pragmática. 

.A tendência liberal tecnicista subordina a educação à sociedade, tendo como função a preparação de “recursos humanos” (mão-de-obra para indústria). Utiliza-se basicamente do enfoque sistêmico, da tecnologia educacional e da análise experimental do comportamento.

Como podemos ver existem várias nomenclaturas para as varias didáticas aplicadas aos alunos, que a maior parte não entende sobre elas, inclusive professores que absurdamente não tem ideia de quão importante são essas varias formas de se aplicar o conhecimento para aqueles que necessitam conhecer e se desenvolver dentro e fora da escola. Um educador deve ter a percepção de que todos somos diferentes, e então cada um terá seu tempo e dificuldade de aprendizagem. Mas se não for dada a oportunidade da duvida, reflexão e direito a palavra, ele continuara limitado como os alunos de décadas atrás que tinham medo de seus mestres, ouviam e obedeciam como uma ´´ditadura´´.

E isto é simplesmente lamentável porque como professores podemos levantar a auto estima de um aluno de muitas formas, uma delas muito simples é apenas ouvi- lo e para derruba-lo antes mesmos de começar a jornada basta ignorar seus pensamentos e sentimentos, que por mais que sua opinião esteja equivocada em uma ocasião, nos como orientadores podemos clarear este caminho para que ele possa refletir mais, pesquisar outros meios porque todo pensamento, toda reflexão, toda dúvida é de suma importancia!

conclusão

Como já disse toda está metodologia beneficia alguns e prejudica muitos. Porque? Porque infelizmente  neste País capitalista o governo nunca deu e não dá atenção suficiente para a Educação, professores mau orientados, mau remunerados, alunos que vão para a escola para ter uma refeição, sem calçados adequados, isso quando ganham o uniforme.  Escolas mal preparadas para uma  geração de jovens frustrados  onde o ‘bullying’ só aumenta, mas fingimos que está tudo ‘normal’, pois é mais fácil, dá menos trabalho para  professores, para os pais, para a escola e principalmente para o governo!  E não se iluda caro leitor, infelizmente o problema é de todos nós.  Quem elege os governantes somos nós depois vestimos nossa hipocrisia e polarizamos dividindo uma nação!  Podemos dizer com toda sinceridade que pesquisamos e conhecemos nossos governantes antes de elegê-los ? Talvez alguns de nós, mas infelizmente muitos continuam pegando a opinião dos candidatos dos familiares ou amigos ou até mesmo negociando seu voto, ato que muitos deram suas vidas para termos como forma de  direito garantido até  hoje.

Então como na época do pão e  circo, o Governo continua a nos enganar;como já dizia o sábio ‘ povo unido , nação forte … povo separado , nação fraca ‘ . 

E com relação a nós meus amigos ?

Nós somos os eternos  prejudicados!!!!!

feito

Use agora o Mettzer em todos
os seus trabalhos acadêmicos

Economize 40% do seu tempo de produção científica