MEU RELATÓRIO

UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARÁ

MEU RELATÓRIO

TIAGO PANTOJA LOPES

Introdução

Desde a perspectiva da tradição liberal, o comércio internacional tem sido apontado como promotor da especialização produtiva e da interdependência entre os Estados nacionais. Nesse sentido, argumenta-se que o comércio entre as nações é gerador de maior bem-estar econômico em âmbito mundial, em comparação, por exemplo, com situações de conflito armado e protecionismo comercial. A ampliação do comércio internacional, entretanto, é restrita pela ocorrência de várias impedâncias, desde barreiras tarifárias e não-tarifárias até aspectos geográficos, principalmente as distâncias entre os mercados. Neste último caso, surgiram, ao longo da história das civilizações, pontos estratégicos de passagem que conectam e facilitam o acesso aos diferentes mercados globais. Atualmente, a maior parte do comércio internacional ocorre por meio do transporte marítimo e a consolidação das principais rotas marítimas é intimamente relacionada ao desenvolvimento da própria indústria de navegação.

Entre as rotas marítimas mais importantes, tem-se a  Canal do Panamá, cuja história, desde a sua construção no início do Século XX está associada com a expansão política e econômica dos Estados Unidos (EUA) tanto em direção ao Caribe e América Latina como especialmente para a Ásia. O domínio estadunidense sobre a Zona do Canal até 1999 indica a importância deste território e acesso logístico para os EUA tanto do ponto de vista comercial como militar. Já em termos logísticos e comerciais, o Canal do Panamá representou um ganho significativo, em termos de custos de transporte, para o caminho de acesso aos mercados da Ásia e também do oeste dos EUA. Os impactos quanto ao aumento do comércio foram representativos e persistentes por várias décadas. Contudo, nos últimos 30 anos, a partir da emergência dos mercados do sudeste asiático e China, houve um aumento significativo da concorrência com outras alternativas de rotas de transporte como o Canal de Suez e o sistema intermodal norte-americano.

É nesse contexto que se insere o programa de ampliação do Canal do Panamá, no sentido de possibilitar a passagem dos grandes navios que têm se tornado dominantes em parte significativa da frota mundial. Na presente pesquisa, busca-se avaliar os efeitos gerados pela expansão do Canal do Panamá sobre o comércio internacional, principalmente por movimentações com origem/destino nos Estados Unidos. Deste modo, o objetivo geral é estudar o impacto da expectativa quanto aos ganhos na exploração de economias de escala com a expansão do Canal do Panamá na configuração do transporte marítimo mundial.

 porto de houston

https://portogente.com.br/portopedia/80816-porto-de-houston

https://drive.google.com/file/d/1h-1igH-4oKeWTChmBfEaaH59ad-YaaQy/view?usp=sharing

IMPORTÂNCIA REGIONAL

IMPORTANCIA MUNDIAL

POLITICA DE PREÇOS DE COMBUSTIVEIS DA PETROBRAS

POLITICA DE PREÇOS DE COMBUSTIVEIS DA PETROBRAS

IMPORTAÇÃO DE COMBUSTIVEIS POR MULTINACIONAIS

ROTA PORTO DE HOUSTON - PORTO DE MIRAMAR

ROTA PORTO DE HOUSTON - PORTO DE MIRAMAR

IMPORTÂNCIA DA ROTA

PORTO DE HOUSTON - ESPARDARTE

ESPARDARTE - PORTO DE MIRAMAR

OPERAÇÃO EM MIRAMAR

TIPOS DE NAVIOS

CARACTERISTICAS DO PORTO

TIPOS DE PRODUTOS

OPERAÇÃO DE DESCARGA

Conclusão

Aqui você irá escrever a conclusão do seu trabalho.

Use agora o Mettzer em todos
os seus trabalhos acadêmicos

Economize 40% do seu tempo de produção científica